Os gastos com a festa passam de R$ 7 milhões e superam o valor previsto pela lei orçamentária anual do município.

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) solicitou o cancelamento do festejo junino “Paredão de Eunápolis”, tradicional festa do extremo sul baiano. O evento aconteceria entre os dias 29 de junho e 3 de julho.
O órgão alegou que os gastos com a festa passam de R$ 7 milhões e superam o valor previsto pela lei orçamentária anual do município, que é de cerca de R$ 3 milhões.
O MP-BA destacou ainda que o município decretou situação de emergência em 27 de novembro de 2021 por conta das consequências de fortes chuvas. O decreto foi válido até fevereiro deste ano. Foi solicitado também a suspensão de todos os processos licitatórios do evento, assim como dos contratos assinados e do pagamento.

Foto: Reprodução / Por: Metro1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.