Os policiais de Departamentos da Polícia Civil integram as ações para reprimir os crimes contra vida, contra o patrimônio, tráfico de drogas, violência doméstica e familiar e estelionato.

A Polícia Civil da Bahia deflagrou na manhã desta sexta-feira (09), a sexta fase da Operação Unum Corpus, que tem como alvos, envolvidos com os crimes contra a vida, contra o patrimônio, contra a mulher, além do tráfico de drogas, organizações criminosas e estelionato. Durante as ações, que contam com a participação de mais de 800 policiais civis, mandados de prisão e de busca e apreensão são cumpridos de forma integrada e simultânea, na capital, Região Metropolitana (RMS) e no interior do estado.
A Operação Unum Corpus, realizada pelo Departamento de Polícia do Interior (Depin), por meio das 26 Coordenadorias Regionais (Coorpins), desde setembro de 2021, completa um ano e nesta sexta fase tem a adesão dos Departamentos de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP). As ações também visam à melhoria da segurança da população durante as eleições do dia 2 de outubro.

A diretora do Depin, delegada Rogéria Araújo, fez um balanço das cinco fases da Unum Corpos. “Trata-se de uma megaoperação, que só no interior do estado, já retirou 516 criminosos e 85 armas de fogo das ruas. Foram cumpridos 353 mandados de prisão, 163 prisões em flagrante, 442 buscas e apreensões cumpridas, além da apreensão 35 quilos de drogas e 10 veículos com restrições de roubo. Esperamos aumentar esses números com esta nova fase”, avaliou.

Fonte: Acorda cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.