Nesta sexta-feira (9), a 72 dias para o pontapé inicial no Mundial do Catar, o técnico Tite anunciou a convocação de 26 jogadores da seleção brasileira. É a última lista antes da definitiva para tentar o hexacampeonato no fim do ano.
Pedro e Everton Ribeiro voltaram a ser chamados, assim como Roberto Firmino. Philippe Coutinho e Gabriel Jesus ficaram fora. Na zaga, Tite chamou cinco jogadores, dando sinais de que Ibañez e Bremer podem brigar pela quarta vaga no setor. Na lateral direita, apenas Danilo foi convocado.
“Que fique uma mensagem clara a todos: façam os seus melhores. Estejam nos seus mais altos níveis em seus clubes. Dessa forma teremos o melhor senso de justiça na convocaçãoRepasse Da Notícia final”, disse Tite.
Pedro foi chamado pela terceira vez no ciclo. Na primeira, em 2018, quando defendia o Fluminense, foi cortado por lesão grave no joelho. Depois, na segunda oportunidade atuou apenas por 22 minutos.
“O Pedro já fez parte e já jogou. Inclusive estava convocado antes do Richarlison e não veio. A gente está sempre comentando para estarem no mais alto nível. Compete a nós mostrar o atleta que o que tem que fazer é estar no seu melhor. Depois é escolha, depois é o nosso papel. Pedro especificamente é um “9” de área terminal. Jogador da última bola, jogador da conclusão. É o Fred atual. Tem grande capacidade de construção. Contra uma equipe que joga muito atrás, fechada, precisa de jogadas de lado que te permitam um gol de cabeça. O gol contra o Vélez mostra isso”, afirmou Tite.
A seleção brasileira masculina fará dois amistosos na França. Primeiro, enfrenta Gana, dia 23 de setembro, em Le Havre, no estádio Oceane. Depois, no dia 27, pega a Tunísia, no Parque dos Príncipes, estádio do PSG, em Paris. São os últimos amistosos antes da estreia contra a Sérvia na Copa, dia 24 de novembro.

Jogadores convocados para a Seleção
Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras); Laterais: Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Alex Telles (Sevilla); Zagueiros: Marquinhos (PSG), Éder Militão (Real Madrid), Thiago Silva (Chelsea), Bremer (Juventus) e Ibañez (Roma); Meias: Casemiro (Manchester United), Bruno Guimarães (Newcastle), Fred (Manchester United), Fabinho (Liverpool), Lucas Paquetá (West Ham) e Everton Ribeiro (Flamengo). Atacantes: Neymar (PSG), Vinícius Jr (Real Madrid), Raphinha (Barcelona), Antony (Manchester United), Richarlison (Tottenham), Pedro (Flamengo), Roberto Firmino (Liverpool), Matheus Cunha (Atlético de Madrid) e Rodrygo (Real Madrid).

Por GE.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.