Professores, funcionários e estudantes do recém-inaugurado Colégio Estadual do Campo de Pedra Vermelha, localizado no povoado de Pedra Vermelha, em Monte Santo, estão participando, no auditório da unidade escolar, de uma formação em Educação do Campo. Promovida pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), a atividade, iniciada na terça-feira (14) e que prossegue até esta quarta-feira (15), também conta com a participação de líderes comunitários e visa garantir a plena implementação da política da Educação do Campo, em Pedra Vermelha.

 


A programação aborda questões como a Pedagogia da Alternância; a história da Educação do Campo; as políticas implementas, seus impactos e desafios; além de apresentações culturais. A metodologia envolve, ainda, a elaboração de um plano de ação, por grupos de trabalho, com cronograma de atividades para 2021 e planejamento para 2022. Outro destaque é a capacitação dos agentes de leitura do Programa Bibliotecas Rurais Arca das Letras.

A coordenadora da Educação do Campo e Quilombola da SEC, Poliana Reis, falou sobre a importância da formação. “Esta formação inicia um novo ciclo para a comunidade escolar e para Pedra Vermelha. Temos a participação da SEC, de professores, gestores, líderes de classe, egressos e lideranças comunitárias. Essa diversidade atende ao princípio da Educação do Campo de controle social e de participação efetiva da comunidade na gestão escolar”, afirmou.

A professora Samara de Menezes fez um balanço positivo da formação. “Esses são momentos produtivos de aprendizagem e de troca de experiências e vivências. Debatemos sobre assuntos voltados para a escola do campo; sobre ações a serem desenvolvidas dentro da escola; e sobre a valorização da identidade e pertencimento dos jovens alunos da zona rural. Os beneficiados desta formação são os educandos e tenho certeza que a nossa escola será referência no nosso território”, destacou.

O estudante egresso Francisco Dias, 26, fez questão de participar da formação. “Essa é uma grande oportunidade, pois traz para o professor a importância da Educação do Campo, de inclusão e de grande relevância para todos nós da região. E esta é uma escola com uma grande estrutura e só temos a agradecer pelo empenho de todos na realização desta formação”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.