Maurílio, da dupla sertaneja com Luiza, teve uma piora em seu estado de saúde nesta terça-feira, 28 de dezembro. O cantor teve uma infecção no pulmão e foi diagnosticado com choque séptico, precisando de um reforço na medicação. O artista segue sedado e respirando com ajuda de aparelhos.
“Ele deu uma piorada hoje. Trocaram antibióticos e voltaram com drogas vasoativas. Choque séptico. Piorou o quadro pulmonar”, disse o médico Wandervan Azevedo. As informações são do site G1.
Vale lembrar que Maurílio foi internado no dia 15 de dezembro, após passar depois de participar da gravação de um DVD. Na época, ele sofreu três paradas cardíacas e foi diagnosticado com tromboembolia pulmonar.
Desde então, Maurílio segue lutando para melhorar seu estado de saúde. Inicialmente, ele apresentou uma lesão renal e precisou passar por hemodiálise. Na última semana, ele voltou ter o funcionamento dos rins, mas continuou a hemodiálise. Além disso, teve um diagnóstico de inchaço no cérebro.
No domingo (26/12), o cantor teve uma traqueostomia, que teria a função de facilitar sua respiração espontânea, adiada, após apresentar problemas respiratórios e troca os antibióticos. Na segunda (27/12), o quadro foi estabilizado, mas o relatório médico informou que o cantor teve broncoespasmo, e que o antibiótico foi mudado.

O que é choque séptico?
O choque séptico é uma condição com risco de vida causada por uma infecção grave, localizada ou em todo o sistema, que requer atenção médica imediata. O tratamento de emergência pode incluir oxigênio suplementar, fluidos intravenosos, antibióticos e outros medicamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.