A cidade de Senhor do Bonfim, no centro norte do estado, também conhecida pelos tradicionais festejos juninos, recebeu investimentos do Governo da Bahia em diversas áreas nos últimos anos, com destaque para os setores de infraestrutura, saúde, desenvolvimento rural e abastecimento de água que ajudaram a aumentar a qualidade de vida da população. Próximo dali, no nordeste do estado, Monte Santo, um dos palcos da Guerra de Canudos, e conhecida pelas tradições religiosas, também recebeu importantes obras e investimentos nos últimos seis anos, que ajudaram a melhorar a trafegabilidade na região, a qualidade na educação, entre outros fatores.
 
Em Monte Santo, a Secretaria da Educação inaugurou, em agosto de 2021, a nova sede do Colégio Estadual do Campo de Pedra Vermelha, povoado do município. O investimento foi de aproximadamente R$ 4 milhões. A unidade de ensino atende 600 alunos do ensino médio e foi implantada em um terreno com mais de cinco mil metros quadrados. O colégio possui seis salas de aula, biblioteca, quadra poliesportiva coberta, refeitório e auditório, além de laboratórios de ciência e informática. Senhor do Bonfim também vai ganhar uma nova escola estadual de tempo integral. A unidade já teve a obra licitada e contará com quadra poliesportiva coberta, campo society, auditório, refeitório, biblioteca e laboratórios, entre outros equipamentos de aprendizagem e lazer.
 
Em 2019, em Senhor do Bonfim, o governo estadual, através da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), entregou a primeira parte da pavimentação de 97,77 quilômetros da BA-131, no trecho que vai do entroncamento da BR-407 ao entroncamento da BR-324. A intervenção reúne um investimento total de R$ 35,6 milhões. “Essa ligação da BA-131, para quem não sabe, interliga Senhor do Bonfim e Campo Formoso à BR-324, lá junto de Jacobina. É um importante eixo que diminui todo o tráfego de quem vem da região de Irecê por Morro do Chapéu , Laje do Batata, Senhor do Bonfim, e segue daqui direto para Juazeiro e para o nordeste do Brasil”, explicou o titular da Seinfra, Marcus Cavalcanti..
 
No campo da infraestrutura, Monte Santo também recebeu melhorias nas rodovias. Em 2015, a Seinfra entregou a pavimentação em paralelepípedo da via que liga a sede ao Povoado de Pedra Vermelha, que reuniu um investimento de R$ 17,1 milhões, e está em andamento a pavimentação e restauração da BA-220, entre Monte Santo e Euclides da Cunha. A obra será realizada em 36,9 quilômetros e o investimento é de R$ 31 milhões. A previsão de conclusão é junho de 2022. “São importantíssimas obras porque melhoram todo o fluxo da região”, completou Cavalcanti.
 
Saúde
 
Recentemente, o governador Rui Costa visitou o Hospital Municipal de Monte Santo, equipamento que passou por reforma e recebeu equipamentos do Governo do Estado que totalizam R$ 1 milhão. Nos últimos quatro anos, Senhor do Bonfim ganhou também reforço na saúde com a reforma, adaptação e ampliação do Hospital Municipal Dom Antônio Monteiro, para implantação de 20 leitos de UTI, sala de raio-x e sala de tomografia. Já a Policlínica Regional com sede na cidade, que completa dois anos de funcionamento em novembro de 2021, realizou mais de 115 mil atendimentos, 10 mil ressonâncias magnéticas e 13 mil tomografias computadorizadas nesse período. Somente este ano, a unidade já atingiu a marca de 54 mil atendimentos totais e a meta é alcançar 60 mil até dezembro, contemplando cerca de 370 mil habitantes dos municípios consorciados, que incluem também Andorinha, Antônio Gonçalves, Campo Formoso, Cansanção, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Nordestina, Ponto Novo, Queimadas.
 
Ao todo, são 21 especialidades médicas para consultas, procedimentos e mais 13 tipos de exames. As especialidades mais procuradas são neurologia, oftalmologia, otorrino e ortopedia. Para os exames, ressonância e tomografia têm as maiores demandas. “Este projeto idealizado pelo nosso governador, com toda essa gama de especialidades e serviços, tem uma grande relevância aos 12 municípios consorciados. Os usuários podem contar com a disponibilidade das principais especialidades e procedimentos de média e alta complexidade próximo da sua residência, com o tempo médio de agendamento em seu município menor que 30 dias. Ainda disponibilizamos um transporte confortável até a policlínica, onde são acolhidos em um ambiente climatizado e humanizado”, declarou o diretor geral da unidade, Jonas Flores.
 
Repórter: Lina Magalí/ SECOM Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.