sábado, 3 de julho de 2021

SMS Nega Que Doses Vencidas Da Vacina Astrazeneca Foram Aplicadas Em Salvador

Segundo a secretaria, o equívoco foi feito no registro da vacinação no sistema do banco de dados do Ministério da Saúde e não na aplicação.
A Secretaria Municipal da Saúde negou que 824 doses da vacina Astrazeneca teriam sido aplicadas fora do prazo de validade em Salvador. Em nota, a pasta informou que a capital baiana recebeu dois dos lotes mencionados na reportagem veiculada no jornal Folha de S.Paulo -  Lote CTMAV506 / Lote 4120Z005 – e afirmou que todas as doses foram administradas antes da data de vencimento dos imunizantes. 
Segundo a secretaria, o equívoco foi feito no registro da vacinação no sistema do banco de dados do Ministério da Saúde e não na aplicação. “Vale destacar que a coordenação de imunização da SMS identificou episódios de equívocos relacionados ao lançamento de dados no sistema informatizado da estratégia, ou seja, a aplicação das doses foi realizada dentro do período determinado pelo fabricante do imunobiológico e APENAS O REGISTRO no sistema do banco de dados do Ministério da Saúde foi efetuado em data posterior a aplicação da vacina”.
A pasta afirma ainda que tem utilizado todas as ferramentas para minimizar possíveis falhas no processo de imunização contra Covid-19 na cidade e "continuar sendo a capital do país mais eficiente na operacionalização da estratégia".
Segundo uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo, veiculada nesta sexta-feira (2), de acordo com dados de registros oficiais do Ministério da Saúde, foram aplicadas pelo menos 26 mil doses vencidas do imunizante Astrazeneca em todo Brasil.  Salvador aparece como a quinta cidade que mais aplicou doses da vacina fora do prazo de validade. Fonte: Metro 1.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário