quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Monte Santo: Justiça Eleitoral Pede Reforço Policial Para Últimos Dias Da Campanha


A Justiça Eleitoral de Monte Santo solicitou, nesta terça-feira (10), ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), um reforço policial para os últimos dias de campanha no município, localizado na região sisaleira do estado. O pedido foi justificado pelo histórico de violência nas eleições locais, incluindo a tentativa de homicídio, no último sábado (7), de um candidato a vereador (veja aqui).
No documento encaminhado ao TRE-BA, a juíza eleitoral Sírlei Caroline Alves Santos afirmou que “teme pela segurança não somente daqueles candidatos que disputam o pleito eleitoral, mas também dos próprios eleitores, já que registrou-se, nas eleições passadas, grupos armados interceptando transportes de eleitores, a fim de evitar o exercício do voto em determinadas localidades, o que obstou o controle da polícia dado o seu reduzido efetivo”.
“Importa consignar que os ânimos dos simpatizantes encontram-se exaltados, havendo suspeitas da atuação de grupos armados que intimidam as agremiações a exercerem os atos de campanha de forma livre e desembaraçada, aglomerando-se nos locais de visitas dos respectivos candidatos, sendo ínfimo o quantitativo do efetivo policial colocado à disposição desta Zona Eleitoral, especialmente, se considerada a extensão territorial de ambos os Municípios (Monte Santo e Cansanção), e que o eleitorado se concentra na zona rural, de modo a dificultar a atuação policial”, disse a magistrada.
No momento, a Zona Eleitoral de Monte Santo tem apenas 30 policiais para garantir a segurança nas eleições, número considerado insuficiente pela juíza, que está adotando tais providências para fortalecer a segurança diante dos últimos acontecimentos de violência. A Polícia Federal também já foi acionada. As informações são do site Bahia Noticias.






 

Monte Santo: Candidato a Vereador Sofre Tentativa De Homicídio


Uma comitiva que acompanhava o candidato a vereador de Monte Santo, Damião Barbosa da Silva (PSC), foi alvo de um atentado a tiros na tarde deste domingo (8). O candidato estava acompanhado de outras quatro pessoas, que realizavam visitas na casa de um eleitor no povoado de Lage Grande, zona rural do município de Monte Santo. 
Os veículos da comitiva, uma Hilux e um Crossfox, foram crivados de tiros disparados por homens encapuzados e fortemente armados que estavam numa motocicleta, seguindo em fuga na sequência. Na lataria dos veículos é possível contar sete perfurações de grosso calibre, todos em direção aos motoristas. No momento do ataque, toda a comitiva estava dentro da residência do eleitor e ninguém ficou ferido. 
Em menos de 30 dias, é o segundo ataque por arma de fogo relatado em Monte Santo. No último dia 10 de Outubro, a família de outro candidato do mesmo partido, Domingos de Souza Santana, Dominguinhos (PSC), foi também alvo de quatro disparos por arma de fogo, dentro de sua residência. 
A comitiva do candidato Damião foi escoltada pela Polícia Militar até a Sede do município para Registrar Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil da cidade. As informações são do site: Bahia Noticias. 

Candidato a Prefeito De Nordestina Tem Carro Alvejado Por Tiros


O candidato a prefeitura de Nordestina, a 167 km de Serrinha, Erivaldo Carvalho (PSB), teve seu carro alvejado por tiros no começo da noite desta terça-feira, 10. O veículo onde ele estava foi atingido por pelo menos cinco disparos mas nenhum atingiu o atual prefeito da cidade.
A suspeita é de perseguição política. A tentativa de homicídio teria acontecido quando o candidato se aproximava da sede do município, seguida de uma perseguição até as proximidades da Prefeitura Municipal de Nordestina.
Nas redes sociais, Erivaldo Carvalho gravou um vídeo comentando o ocorrido e pedindo paz, principalmente as vésperas da eleição. Um inquérito já foi aberto para investigar o caso.
"Reforçaremos nossa segurança, mas repudiamos qualquer ato de violência, a partir do desespero e do sentimento de derrota de nossos adversários" disse o candidato em suas redes sociais.

Fonte: Redação Portal Cleriston Silva PCS.

 

Advogado Explica Proibições De Atos Presenciais De Candidatos Na Bahia a Partir Desta Quarta

De acordo com o presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior, os números apontam que as medidas iniciais, como o disk-aglomeração e a exigência do uso de máscara e limitações de pessoas, não tiveram o efeito esperado.

O advogado especialista em direito eleitoral André Requião, em entrevista ontem (11) à Rádio Metrópole, explicou como vai funcionar as proibições determinadas pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para os candidatos eletivos.
"Fica proibido qualquer ato presencial. Comícios, carreatas, passeatas, bandeiraços, caminhadas, cavalgadas. No entanto, não fala em proibir candidatos de fazer uma visita, sem que ele não vá com uma equipe grande. Aglomeração em hipótese alguma", explicou Requião.
O ato já foi publicado no Diário Oficial e passa a valer a partir de hoje (11) em todo o estado. De acordo com o presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior, os números apontam que as medidas iniciais, como o disk-aglomeração e a exigência do uso de máscara e limitações de pessoas, não tiveram o efeito esperado. *Metro1.


 

Rússia Diz Que Vacina Sputnik V é 92% Eficaz Contra a Covid-19


A Rússia anunciou hoje (11), em comunicado, que a vacina contra o coronavírus Sputnik V apresenta 92% de eficácia, com base em dados preliminares de estudos da fase 3 conduzidos no país. Os resultados ainda não foram revisados por outros cientistas.
O governo russo informou ainda que não houve eventos adversos inesperados durante os ensaios e que o monitoramento dos participantes está em andamento.
Na Bahia, o governo do Estado assinou em novembro um acordo com o Fundo de Investimento Direto da Rússia (RDIF) para receber até 50 milhões de doses do imunizante, desenvolvido pelo Instituto Gamaleya. 

 

Eleições 2020: TRE-BA Suspende Atos Políticos Presenciais Na Bahia

Medida vale a partir desta quarta-feira em todo o estado.

A quatro dias das eleições, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) suspendeu qualquer ato presencial de campanha política em todo o estado para evitar aglomerações. Anúncio foi feito ontem (10) pelo presidente do TRE-BA, Jatahy Júnior, em coletiva de imprensa, e passa a valer a partir desta quarta-feira (11).
“A medida dura é justamente para preservar a saúde pública. Nós estamos vivendo um momento de grande dificuldade, com o novo coronavírus ainda circulando. É uma eleição totalmente atípica. Nessa última semana a tendência é que esses atos de propaganda que geram mais aglomerações aumentassem”, explicou o presidente do Tribunal.
Ainda de acordo com Jatahy, os números apontam que as medidas iniciais, como o disk-aglomeração e a exigência do uso de máscara e limitações de pessoas, não tiveram o efeito esperado.
"São mais de 1.200 denúncias no disk-aglomeração, são 140 decisões judiciais impondo multa e tipificando crimes eleitorais. Com isso, resolvemos impor a suspensão de qualquer ato presencial de campanha, acompanhando o que já foi feito em outros estados.", concluiu. *Metro1.