quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Monte Santo: Justiça Eleitoral Pede Reforço Policial Para Últimos Dias Da Campanha


A Justiça Eleitoral de Monte Santo solicitou, nesta terça-feira (10), ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), um reforço policial para os últimos dias de campanha no município, localizado na região sisaleira do estado. O pedido foi justificado pelo histórico de violência nas eleições locais, incluindo a tentativa de homicídio, no último sábado (7), de um candidato a vereador (veja aqui).
No documento encaminhado ao TRE-BA, a juíza eleitoral Sírlei Caroline Alves Santos afirmou que “teme pela segurança não somente daqueles candidatos que disputam o pleito eleitoral, mas também dos próprios eleitores, já que registrou-se, nas eleições passadas, grupos armados interceptando transportes de eleitores, a fim de evitar o exercício do voto em determinadas localidades, o que obstou o controle da polícia dado o seu reduzido efetivo”.
“Importa consignar que os ânimos dos simpatizantes encontram-se exaltados, havendo suspeitas da atuação de grupos armados que intimidam as agremiações a exercerem os atos de campanha de forma livre e desembaraçada, aglomerando-se nos locais de visitas dos respectivos candidatos, sendo ínfimo o quantitativo do efetivo policial colocado à disposição desta Zona Eleitoral, especialmente, se considerada a extensão territorial de ambos os Municípios (Monte Santo e Cansanção), e que o eleitorado se concentra na zona rural, de modo a dificultar a atuação policial”, disse a magistrada.
No momento, a Zona Eleitoral de Monte Santo tem apenas 30 policiais para garantir a segurança nas eleições, número considerado insuficiente pela juíza, que está adotando tais providências para fortalecer a segurança diante dos últimos acontecimentos de violência. A Polícia Federal também já foi acionada. As informações são do site Bahia Noticias.






 

Nenhum comentário:

Postar um comentário