domingo, 29 de novembro de 2020

Jovem De Senhor Do Bonfim 'Viraliza' Após Adotar Um Bode De Estimação


A jovem Açucena Guirra, da cidade de Senhor do Bonfim no Piemonte Norte do Itapicuru, viralizou na internet nesta sexta-feira (27) depois que um vídeo onde ela relata a adoção de um bode de estimação foi compartilhado por famosos. O bicho de estimação inusitado se chama Bento e já é conhecido pelos 142 mil seguidores que Açucena alcançou em pouco tempo no Instagram. Já no TikTok, a rede social onde o vídeo foi compartilhado, a jovem já conta com mais 425 mil seguidores. 
Dentre os famosos que compartilharam o vídeo gravado há alguns meses, estão Bruno Gagliasso e Bruna Linzmeyer. A sina da jovem com o bode começou depois de uma ida na feira da cidade, onde ela não resistiu e fez a compra. "Levei o bode pra conhecer a minha casa. ‘Tava’ tudo dando certo, eu ‘tava’ adorando minha experiência como mãe, mas, adivinha só? Meu pai mandou eu devolver o bode", conta no vídeo. O problema é que rapaz que a vendeu o bicho, não o aceitou de volta. "Chegando em casa, me surpreendi. Mais empolgada que eu, só tinha minha mãe", conclui enquanto a mãe chama Bento de “netinho”. 



 

De Várzea da Roça, Vereadora Mais Jovem Da Bahia Garante Que Lugar De Jovem é Na Política


Com o título de vereadora mais jovem eleita na Bahia, Talyta Trindade Oliveira (PT) tem 18 anos e cinco meses de idade. Nascida em 2002, ela garante que política também tem que ser feita por jovens e para jovens. Apesar de dizer acreditar que ganharia o pleito para ocupar um das vagas na Câmara de Vereadores de Várzea da Roça, na Bacia do Jacuípe, a 169 km de Serrinha, a jovem diz que não esperava ter sido a segunda mais votada com 610 votos, ficando atrás apenas de Chiquinho de Derson (PC do B), com 790 votos.
Talyta conta que, além da equipe de trabalho, da força que recebeu dos amigos e familiares, e a confiança dos eleitores na rua, foi o know-how do pai que, apesar de nunca ter exercido nenhum cargo no Executivo e no Legislativo do município, a ajudou na eleição. “Ele participa da política indiretamente há 20 anos. Nunca foi político, mas já ajudou de forma indireta na campanha de outros políticos”, contou.
Em relação ao fato de ter sofrido preconceito por ser mais nova e mulher, Talyta conta que sofreu de forma indireta, nunca tendo que enfrentar o problema de frente. “Alguns acreditavam que pela questão da idade eu não chegaria, e chegando eu não poderia ter o potencial de fazer algo". "Aqueles que acreditavam que eu não poderia fazer um bom trabalho não votaram, os que votaram confiam em mim e a resposta só posso dar a partir de 1º de janeiro. Quando alguém teima dizendo que você não pode dirigir um carro, você não tem que bater de frente. Você tem que entrar no carro e mostrar que sabe dirigir”, disse confiante.
Assegurando que não tem medo do que vai enfrentar, a vereadora que faz questão de destacar seus 1,51 metro de altura, garante que tem potencial para o cargo, e que quer atacar a situação do desemprego no município. “Este é um dos maiores problemas que temos aqui na cidade. E em praticamente todas as cidades do interior a falta de emprego e renda da população é um grande problema. Uma das ajudas que penso é tentar correr atrás de algo maior para cidade. Sei que temos estrutura para ter outro gerador de emprego que não seja apenas a prefeitura e o comércio local”, defendeu.
Na Câmara de Vereadores de Várzea da Roça, Talyta terá outros oito colegas, sete homens e uma mulher. “Acredito que acabei me tornando uma referência. Sei da responsabilidade que tenho, mas sei que vou horar essa responsabilidade tanto para os jovens quanto para as  mulheres. A juventude pode construir um futuro melhor com as próprias mãos. Quero mostrar isso aqui na minha cidade, porque também sei que eu, meus sobrinhos, afilhados, também vamos usufruir dessas melhorias”, disse. As informações são do Bahia Noticias.

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Prefeito Confirma Adiamento Do Carnaval De 2021

Decisão se deu por causa da pandemia do coronavírus.

O prefeito de Salvador, ACM Neto, confirmou hoje (27) o adiamento do Carnaval de 2021, que iria ocorrer meados de fevereiro de 2021. A decisão se deu por causa da pandemia do coronavírus.
A informação já havia sido confirmada pelo site do Metro1 nesta semana. Neto acredita que a vacina não terá sido distribuída para toda população até o período tradicional da folia momesca.
A nova data segue indefinida. Julho desponta como a favorita, mas outubro aparece como plano B pelos organizadores da festa.

 

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Senado Aprova Aumento De Pena Para Racismo e Homofobia No País

Projeto segue para votação na Câmara dos Deputados

O Senado aprovou ontem (25) um projeto que prevê pena maior para crimes cometidos por racismo, intolerância religiosa e homofobia.
A proposta agora seguirá para votação na Câmara dos Deputados. E, caso seja aprovada, a lei ainda terá que ser sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, para entrar em vigor.
Não foi definido, porém, em quanto tempo a pena poderá ser aumentada nesses casos.
A discriminação e o preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional são considerados crimes no Brasil. E em 2019, além desses, o Supremo Tribunal Federal (STF), reconheceu também os crimes de homofobia e transfobia. 

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Pelé Sobre Maradona: 'Espero Que Possamos Jogar Bola Juntos No Céu'

Apesar da suposta rivalidade, os dois dividiam mensagens públicas de carinho.

Pelé, que divide com Maradona os palpites de melhor jogador do mundo, lamentou a morte do futebolista argentino. Nas suas redes sociais, o Rei foi breve, mas despediu-se do amigo com carinho e emoção. 
"Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu", escreveu. 
Apesar da suposta rivalidade, os dois dividiam mensagens públicas de carinho. Recentemente, pela passagem do aniversário de Maradona, Pelé externou, mais uma vez, sua admiração pelo argentino. 
"Eu vou sempre te aplaudir. Eu vou sempre torcer por você. Que a sua jornada seja longa e que você continue sempre sorrindo, e me fazendo sorrir também! Feliz aniversário!".

Tragédia: Colisão Entre Ônibus e Caminhão Deixa Dezenas De Mortos No Interior De São Paulo

Ônibus com trabalhadores e caminhão bitrem bateram em Taguaí; 41 pessoas morreram — Foto: Arquivo Pessoal.

Um acidente entre um ônibus e um caminhão deixou 41 mortos e vários feridos na manhã desta quarta-feira (25) em Taguaí (SP), segundo a Polícia Militar de São Paulo. A colisão aconteceu no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho.
Segundo o porta-voz da PM, tenente Alexandre Guedes, o local é de difícil acesso e as informações sobre o número de vítimas ainda podem mudar. Algumas pessoas ficaram presas às ferragens.

Resumo:
– Ônibus e caminhão colidiram em Taguaí (SP)
– Acidente aconteceu por volta das 7h
– 41 pessoas morreram
– Ônibus levava cerca de 50 trabalhadores de uma empresa têxtil
– Colisão ocorreu no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho
– Uma lista recebida pelas equipes de resgate aponta que 52 trabalhadores estariam no ônibus, além do motorista. A polícia trabalha na identificação das vítimas.
“A informação inicial, [seriam] funcionários de uma empresa, ao menos 53, não temos dados precisos, é uma região de difícil acesso. A informação inicial, cerca de 41 vítimas fatais, pessoas socorridas para hospitais da região e outras estão recebendo socorro, presas nas ferragens”, informou o tenente Guedes.

Ônibus com trabalhadores e caminhão bateram em Taguaí; 41 pessoas morreram — Foto: Arquivo pessoal.

Segundo os bombeiros, os funcionários eram levados para uma empresa têxtil em Taguaí. Os feridos estão sendo levados a hospitais de Taguaí, Fartura e Taquarituba.
O acidente aconteceu por volta das 7h e a rodovia precisou ser interditada para atendimento da ocorrência. Até as 11h, a rodovia permanecia fechada para o tráfego de veículos.
A Prefeitura de Taguaí decretou luto oficial por três dias na cidade. O G1 tenta contato com a Star Turismo, empresa dona do ônibus envolvido no acidente.

Fonte: G1.

Diego Maradona Morre Aos 60 Anos, Após Parada Cardiorrespiratória

Maior ídolo do futebol argentino, que se recuperava de cirurgia no cérebro, não resiste a mal súbito.

Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira, aos 60 anos, após uma parada cardiorrespiratória. Um dos grandes da história do esporte e maior ídolo do futebol argentino, o astro sofreu o mal súbito no fim da manhã, quando ambulâncias foram chamadas à sua casa, onde se recuperava de uma cirurgia no cérebro. O ex-jogador, porém, não resistiu, tendo sua morte confirmada pela imprensa argentina e pela TV pública do país no começo da tarde.
O presidente da Argentina, Alberto Fernández, declarou luto oficial de três dias no país. Em postagem nas redes sociais, o chefe de Estado lembrou que Maradona levou a Argentina "ao topo do mundo" e fez o país "imensamente feliz. "Fostes o maior de todos. Obrigado por ter existido, Diego. Sentiremos sua falta para toda a a vida", escreveu o presidente.
Maradona já havia preocupado os fãs no começo do mês, quando foi internado às pressas, com sintomas de anemia. Na época, foi descoberta uma pequena hemorragia no cérebro, e o ex-jogador precisou passar por uma cirurgia para drená-la. Após mais de uma semana de internação, ele recebeu alta no dia 12 de novembro e teria ficado em casa no período.


Campeão mundial com a Argentina em 1986, Maradona teve sua carreira marcada pela genialidade em campo e pelas polêmicas fora dele. O camisa 10 defendeu a seleção em 91 jogos, atuando em quatro Copas do Mundo: 1982, 1986, 1990 e 1994. No Mundial dos Estados Unidos, viveu um dos piores momentos de sua trajetória, quando foi pego no exame antidoping ainda na primeira fase da competição.
Nos clubes, sua trajetória começou no Argentinos Juniors, onde brilhou e ganhou uma chance no Boca Juniors, seu time do coração. De lá, rumou para o Barcelona e depois para o Napoli, onde viveu um caso de amor com a torcida e fez história com a conquista do título italiano. Após passagens por Sevilla e Newell's Old Boys, Maradona encerrou sua carreira no Boca, em 1998, e passou a ser figura comum em jogos na Bombonera.
Após pendurar as chuteiras e passar por um tratamento contra dependência química, Maradona se aventurou como treinador e teve uma oportunidade à frente da seleção argentina, a quem conduziu na Copa do Mundo de 2010. Depois, o Pibe passou por Al-Wasl e Fujairah, dos Emirados Árabes. Em 2018, comandou o Dorados, do México, e teve seu último trabalho no Gimnasia de La Plata, ainda neste ano.
Sua última aparição pública antes da internação no começo do mês foi justamente em uma partida do Gimnasia, diante do Patronato, na estreia da equipe na Superliga Argentina, no dia 30 de outubro. Na ocasião, Maradona celebrava o aniversário de 60 anos e foi homenageado antes de a bola rolar - ele mostrou dificuldades para caminhar e deixou o estádio ao fim do primeiro tempo. Três dias depois, ele foi internado para tratar um estado de anemia e desidratação. 


Fonte: Globo Esporte.

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Morre, Aos 69 Anos, o Jornalista Fernando Vanucci

A causa da morte não foi divulgada.

Morreu na tarde de hoje (24), aos 69 anos, o jornalista Fernando Vanucci. De acordo com o Globo Esporte, Vanucci deixa quatro filhos. 
Ele trabalhou Fernando Vanucci trabalhou na Globo Minas entre 1973 e 1977. Em seguida, passou a trabalhar no Rio de Janeiro, apresentando diversos programas, como Globo Esporte, RJTV, Esporte Espetacular, Jornal Nacional, Jornal Hoje e Fantástico. O profissional também atuou na TV Bandeirantes, na TV Record e Rede TV. 
A causa da morte não foi divulgada.

Taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil é a maior desde maio, diz Imperial College

Pesquisadores brasileiros afirmam que país vive o "início de uma 2ª onda".

O monitoramento do Imperial College de Londres, no Reino Unido, aponta que a taxa de transmissão (Rt) do novo coronavírus no Brasil, para esta semana, é a maior desde maio. 
O relatório mostra que o índice está em 1,30. Isso significa que cada 100 pessoas contaminadas transmitem o vírus para outras 130 pessoas. Pela margem de erro das estatísticas, essa taxa pode ser maior (Rt de até 1,45) ou menor (Rt de 0,86).
Ontem (23), pesquisadores brasileiros afirmaram, através de nota, que o Brasil vive o "início de uma 2ª onda". A informação foi dada baseada em dados da pandemia no país.


 

Pneumologista Afirma Que Não Há Perspectivas Próximas De Controle Da Covid-19 No Brasil

Margareth Dalcolmo diz que o coronavírus não tende a desaparecer como outras viroses respiratórias.

Em entrevista ao jornal O Globo, a pneumologista e pesquisadora da Fiocruz, Margareth Dalcolmo, afirma que apesar de viroses respiratórias terem tendência a desaparecer, isso não é esperado com a Covid-19. Por isso, a especialista ratifica a necessidade de uma vacina.
Segundo ela, "a doença está longe de ser controlada no país", mas não há indícios de uma segunda onda ainda no Brasil.
A especialista acredita que em 2021 várias vacinas já serão aprovadas.

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Câmaras De 90 Cidades Baianas Não Terão Mulheres Como Vereadoras

Em 90 cidades baianas, o eleitor não terá nenhuma representante nas Câmaras de Vereadores a partir de 1° de janeiro de 2021. Segundo o Correio, os casos ocorreram tanto em cidades de população reduzida como Itanagra [7,6 mil habitantes, Censo 2010 do IBGE] Cardeal da Silva [8,9 mil moradores] e Caatiba [11,4 mil habitantes], como nos municípios que figuram entre os maiores colégios eleitorais da Bahia.
Neste grupo, aparecem Simões Filho [118 mil moradores, via Censo 2010 do IBGE] e Teixeira de Freitas [138,4 mil habitantes]. Em relação a 2016, o número de vereadores eleitas no estado passou de 552 para 609, crescimento de 10,3%. Veja abaixo a lista de cidades que não elegeram mulheres nas eleições 2020.
Acajutiba, Alcobaça, Barra do Rocha, Barro Alto, Bom Jesus da Lapa, Boquira, Botuporã, Caatiba, Cairu, Candeal, Candiba, Cansanção, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Cardeal da Silva, Carinhanha, Caetanos, Cocos, Conde, Cordeiros, Cravolândia, Dário Meira, Entre Rios, Filadélfia, Gavião, Gentio do Ouro, Gongogi, Iaçu, Ibirataia, Iguaí, Inhambupe, Ipecaetá, Iramaia, Iraquara, Irecê, Itaberaba, Itacaré, Itaeté, Itagibá, Itamari, Itanagra, Itanhém, Itarantim e Itiruçu.
Os casos se repetem também em Jaguarari, Jiquiriçá, Jussara, Lafaiete Coutinho, Livramento de Nossa Senhora, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Matina, Mucuri, Muquém de São Francisco, Nova Soure, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Palmeiras, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Pilão Arcado, Pindobaçu, Piritiba, Planalto, Ponto Novo, Potiguará, Quixabeira, Remanso e Riachão do Jacuípe.
A lista é completa por Santa Inês, Santa Luzia, Santaluz, Santana, São Desidério, São Domingos, São José do Jacuípe, Sapeaçu, Sento Sé, Simões Filho, Sobradinho, Tanhaçu, Teixeira de Freitas, Ubaíra, Urandi, Utinga, Valença, Valente, Várzea Nova, Vereda e Wanderley. *
Redação Portal Cleriston Silva PCS.

Salvador Terá Festa De Réveillon Com Shows Sem Plateia e Transmissão Pela TV


O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou na manhã desta segunda-feira (23) que a capital baiana terá uma festa de réveillon, no dia 31 de dezembro, com apresentações de Ivete Sangalo e Gusttavo Lima. O evento, que não terá presença de público, será transmitido por três emissoras de TV e pelos canais oficiais da prefeitura, através da internet.
O evento está previsto para começar às 22h e segue até 2h. Os shows da festa serão realizados no Forte de São Marcelo, na Baía de Todos-os-Santos, com o palco voltado para o mar. O prefeito informou que apesar de não haver público, não haverá restrição para quem quiser acompanhar os shows dos barcos e lanchas, no mar.
O prefeito também detalhou que haverá encontro de Ivete e Gusttavo Lima no palco, e há previsão de que eles façam a contagem regressiva juntos.
“A ideia é manter a festa viva mesmo sem a realização convencional. Depois de um ano de tantas dificuldades, desafios a serem superados e problemas, nós da prefeitura tínhamos que pensar de maneira criativa e diferente em fazer uma festa, em pensar em Salvador como um destino comentado no mundo. Como não foi possível pensar no modelo convencional dessa festa, tivemos que pensar em fazer um evento para o alcance de todos, a mais ampla de todas, e repercussão em todo país”, disse.
ACM Neto informou também que haverá queima de fogos, de forma simultânea, em diversos pontos de Salvador, mas que esses pontos não serão divulgados, como forma de evitar aglomerações. Ele destacou que não haverá queima de fogos na região da orla. “De qualquer ponto de Salvador as pessoas poderão ver os fogos, mas não haverá queima de fogos nas praias”, destacou.
O tradicional réveillon, “Festival Virada Salvador”, não será realizado esse ano por causa da pandemia do novo coronavírus. Em 2019, a festa de fim de ano contou com mais de 70 horas de música em cinco dias de programação e mais de 300 artistas envolvidos. De acordo com a prefeitura, na época, Salvador recebeu cerca de 500 mil turistas atraídos pelo festival Virada. *Por G1 BA.

Secretário De Saúde da Bahia, Cita Aumento Casos De Covid-19 e Pede Que População Evite Festas De Fim De Ano

De acordo com Fábio Vilas-Boas, população deve fugir de aglomerações e realizar eventos virtuais.

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, comentou o aumento de casos de coronavírus no interior e na capital, além do temor por uma segunda onda da doença. Em entrevista a Mário Kertész hoje (23), durante o Jornal da Bahia no Ar da Rádio Metrópole, ele afirmou que houve um aumento na demanda por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes sem a Covid-19.
"Passamos a ter um volume bastante próximo do que era antes de acidentes de trânsito, tanto de carro como de moto. As cirurgias voltaram a acontecer, consequentemente há a necessidade de leitos puros de UTI. Estamos convivendo ainda com um número elevado de pacientes internados com Covid. Além disso, todos os casos de suspeita de Síndrome Respiratória Aguda Grave, que é o paciente que tem uma infecção respiratória que precisa de uma observação, inicialmente é feita a suspeita do Covid. Se ele precisa internar na UTI, é internado e o resultado sai em, no máximo 48 horas", disse o secretário. 
"O problema é que antes a gente tinha como tirar esse paciente sem nenhum problema para outro lugar quando ele não era Covid. Confirmava que não era, levava ele a uma UTI não-Covid. Hoje as UTIs não-Covid estão cheias. Aí eu fico com a UTI Covid cheia de pacientes que não têm Covid, porque as causas de necessidade de UTI, que estavam suprimidas no começo do ano, estamos enfrentando agora esse fenômeno de convívio das duas razões de se internar em UTI. Razão pela qual nós temos uma taxa de ocupação elevada, mas não necessariamente por pacientes Covid", acrescentou. 
Ainda segundo Vilas-Boas, os números não evidenciam uma segunda onda de coronavírus no estado, já que os dados não apontam que houve um registro negativo da Covid-19. "Por definição, a segunda onda deveria ter uma curva de ascensão. O que estamos vendo é um platô, uma manutenção no número de casos e começando a apresentar uma discreta elevação. Estamos falando de taxas de crescimento de 0,3 a 0,6% por dia. No pico da pandemia, tínhamos taxas de crescimento na ordem de 20% por dia. Está havendo o crescimento, está sim. Ele nunca deixou de existir e sempre foi positivo. A taxa de crescimento na Bahia nunca foi negativa. Agora estamos começando a sair de 0,3% e 0,6% para 1,2% nos últimos dias. Ainda não é igual ao que acontece em São Paulo, mas eu não tenho nenhuma razão para poder apostar que não seremos iguais ao que está acontecendo. Temos que torcer pelo melhor, mas se preparar para o pior", afirmou o gestor.
Para Fábio Vilas-Boas, não é possível imaginar que o estado fará um lockdown nos moldes do que aconteceu na Europa. Ele reforçou o pedido para evitar que a população promova aglomerações neste fim de ano. "Nunca fomos capazes de fazer o tipo de restrição que a Europa fez. Espanha, Inglaterra e todos os países europeus, quando fizeram, foi um lockdown mesmo. Com exército na rua, quem sair será preso. Aqui nunca conseguimos fazer isso. Conseguimos fazer um grau de restrição grande, voluntário, ao lado da população e com apoio da mídia, fazendo com que as pessoas ficassem em casa. Mas essa fadiga mental é evidente. Temos que encontrar nesse momento uma forma de se conectar e dialogar com a sociedade para explicar a ela de que forma ela pode contribuir", pontuou.
O secretário ainda pediu que eventos de finais de ano, como Natal e Réveillon, fossem comemorados de forma virtual. "Nesse ano precisamos conversar com a sociedade para que estes eventos não aconteçam. A gente tem que conversar sobre o Natal virtual e reencontro com amigos de forma virtual. Reunir famílias, seja no Natal ou como fazem agora nos EUA o Dia de Ações de Graças, é claramente um evento que vão fazer com que as pessoas se contaminem. Seja porque elas estão ali dentro juntas num ambiente fechado, seja como muitos vão se deslocar de carro ou avião", declarou Fábio Vilas-Boas. *Metro1.

terça-feira, 17 de novembro de 2020

Valente: Homem De Santaluz Morre Após Carro Sair Da Pista e Capotar Na BA-120


Um homem identificado como Leandro Baldoino de Souza morreu na tarde desta segunda-feira (16) depois que o carro que ele dirigia saiu da pista e capotou na BA-120, na altura da localidade conhecida como ‘Eufrásio’, em Valente, na região sisaleira da Bahia. Equipes da Polícia Militar e do hospital da cidade foram acionadas, mas quando chegaram ao local a vítima já estava sem os sinais vitais. Leandro era natural de Santaluz, mas residia em Retirolândia, onde trabalhava.


O carro modelo Polo Sedan, com placa de Retirolândia, ficou destruído. Ainda não se sabe o que teria provocado o acidente. O corpo vai ser encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Fonte: Notícias de Santaluz.

Decisão Sobre Carnaval De Salvador Em 2021 Será Anunciada Até a Próxima Segunda, Diz Neto


Após meses de conversas e avaliações, a Prefeitura de Salvador já bateu o martelo sobre o Carnaval de 2021. O anúncio, no entanto, ainda deve levar alguns dias para ser feito.
"Nós já decidimos o assunto, há uma decisão tomada entre eu e ele. Mas, antes de qualquer coisa, a gente quer conversar com as pessoas envolvidas pra depois tornar pública essa decisão, o que deverá acontecer, repito, até segunda-feira da próxima semana", disse o prefeito ACM Neto (DEM) durante a inauguração da terceira etapa das obras de requalificação da Avenida Aliomar Baleeiro (Estrada Velha do Aeroporto), na manhã desta terça-feira (17).
O "ele" a quem Neto se refere é o vice-prefeito Bruno Reis (DEM). De acordo com o atual gestor, a transição para o próximo governo já começou (veja aqui).
Há meses, o prefeito levantou o mês de julho como possibilidade para a realização da festa, uma vez que, dada a proximidade, fevereiro é apontado como opção remota. A pandemia não está controlada e ainda não há vacina contra a Covid-19.
Além do Carnaval, na ocasião, Neto também falou sobre o Réveillon da cidade. Mas, neste caso, o anúncio deve ser feito entre quinta (19) e sexta-feira (20). Fonte: Bahia Noticias.


 

Eleições 2020 Na Bahia: Veja Aqui Lista Completa De Prefeitos Eleitos


Segue lista completa:
Abaíra: Diga (DEM) - 57,16%
Abaré: Fernando Tolentino (PT) - 62,19%
Acajutiba: Alex Freitas (MDB) - 61,03%
Adustina: Paulo Sergio (PSD) - 70,81%
Águia Fria: Renan (PL) - 50,87%
Aiquara: Delmar (PP) - 53,51%
Alagoinhas: Joaquim Neto (PSD) - 38,23%
Alcobaça: Zico De Baiato (Pros) - 56,45%
Almadina: Milton (Pode) - 59,24%
Amargosa: Júlio Pinheiro (PT) - 72,76%
Amélia Rodrigues: João Bahia (PSD) - 57,83%
América Dourada: Joelson (PL) - 53,13%
Anagé: Rogerio De Zinho (PSD) - 29,50%
Andaraí: Wilson Cardoso (PSB) - 69,69%
Andorinha: Renatinho (PP) - 55,80%
Angical: Mezo (PP) - 53,57%
Anguera: Mauro Vieira (PL) - 61,19%
Antas: Sidonio Nilo (PSB) - 70,30%
Antônio Cardoso: Lu De Gel (PP) - 52,91%
Antônio Gonçalves: Dudu (PSD) - 50,46%
Aporá: Carine De Ataíde (PP) - 49,56%
Apuarema: Rogério (PP) - 57,75%
Araçás: Agamenon Coelho (DEM) - 43,60%
Aracatu: Braulina (Republicanos) - 58,08%
Araci: Keinha (PDT) - 55,33%
Aramari: Fidel (PP) - 50,02%
Arataca: Ferlú (PSD) - 48,82%
Aratuípe: Professor Tone (PCdoB) - 62,58%
Aurelino Leal: Rodrigo Andrade (PP) - 59,48%
Baianópolis: Jandira Xavier (PSD) - 39,69%
Baixa Grande: Gilvan (PSD) - 52,92%
Banzaê: Jailma (PT) - 54,74%
Barra: Artur (PP) - 55,55%
Barra da Estiva: João De Didi (PP) - 57,45%
Barra do Choça: Oberdan Rocha (PP) - 52,50%
Barra do Mendes: Tonho (PDT) - 69,31%
Barra do Rocha: Dr José Luiz (PDT) - 55,73%
Barreiras: Zito Barbosa (DEM) - 70,30%
Barro Alto: Orlando Amorim (PL) - 50,50%
Barro Preto: Juraci Da Saúde (PP) - 55,49%
Barrocas: Jai De Barrocas (PSD) - 57,12%
Belmonte: Bebeto Gama (PP) - 57,39%
Belo Campo: Quinho (PSD) - 44,62%
Biritinga: Gil De Gode (PSB) - 49,24%
Boa Nova: Adonias (PSD) - 48,04%
Boa Vista do Tupim: Dinho (PSDB) - 53,49%
Bom Jesus da Lapa: Fabio Nunes (PSD) - 61,72%
Bom Jesus da Serra: Jornandinho (PP) - 51,36%
Boninal: Celeste (PT) - 48,93%
Bonito: Reinan De Lourinho (PSD) - 60,96%
Boquira: Luciano Da Farmácia (PSB) - 57,36%
Botuporã: Edimilson (PP) - 58,62%
Brejões: Sandro (Rede) - 43,45%
Brejolândia: Edezio Bastos (DEM) - 53,94%
Brotas de Macaúbas: Dr Kleber (PSD) - 45,44%
Brumado: Eduardo Vasconcelos (PSB) - 48,83%
Buerarema: Vinícius Ibrann (DEM) - 74,46%
Buritirama:  Arival Viana (DEM) - 49,33%
Caatiba: Tania Ribeiro (PSD) - 56,39%
Cabaceiras do Paraguaçu: Pedro De Paulinho (PSD) - 50,41%
Cachoeira: Eliana (Republicanos) - 55,94%
Caculé: Pedrão (PSB) - 54,21%
Caem: Arnaldinho (PSB) - 51,46%
Caetanos: Paulo De Reis (PCdoB) - 65,14%
Caetité: Valtécio Aguiar (PDT) - 40,30%
Cafarnaum: Sueli Novais (PL) - 50,51%
Cairu: Hildecio Meireles (DEM) - 57,24%
Caldeirão Grande: Candinho Guirra (PP) - 56,81%
Camacã: Paulo Do Gás (Podemos) - 55,14%
Camaçari: Elinaldo (DEM) - 53,12%
Camamu: Irmão Enoc (PP) - 51,50%
Campo Alegre de Lourdes: Dr Enilson (PCdoB) - 53,63%
Campo Formoso: Elmo (DEM) - 50,94%
Canápolis: Dau (Avante) - 51,64%
Canarana: Zeni (PL) - 41,45%
Canavieiras: Dr. Almeida (Pros) - 47,37%
Candeal: Everton Cerqueira (DEM) - 53,49%
Candeias: Dr Pitágoras (PP) - 52,97%
Candiba: Reginaldo (PSD) - 52,12%
Cândido Sales: Doutor Maurilio (PSD) - 47,56%
Cansanção: Vilma Gomes (DEM) - 54,35%
Canudos: Jilson Cardoso (PSD) - 49,77%
Capela do Alto Alegre: Dr Nei (PCdoB) - 57,24%
Capim Grosso: Sivaldo (PSD) - 43,02%
Caraíbas: Jones Coelho (PSD) - 57,47%
Caravelas: Sílvio Ramalho (PP) - 59,44%
Cardeal da Silva: Branco Sales (PP) - 58,42%
Carinhanha: Chica Do Pt (PT) - 38,78%
Casa Nova: Wilker Do Posto (PSB) - 44,71%
Castro Alves: Thiancle (PSD) - 73,67%
Catolândia: Giovanni (PSDB) - 51,90%
Catu: Pequeno Sales (PTB) - 52,41%
Caturama: Dr. Paulo Mendonça (PSD) - 70,77%
Central: Renato Do Boi (PSB) - 54,13%
Chorrochó: Humberto Gomes (PP) - 67,99%
Cícero Dantas: Dr Ricardo (PP) - 52,08%
Cipó: Marquinhos Do Itapicuru (PDT) - 38,44%
Coaraci: Jadson Albano (PP) - 49,45%
Cocos: Dr Marcelo (PL) - 55,35%
Conceição da Feira: João De Furão (PSB) - 60,74%
Conceição do Almeida: Ito De Bega (PSD) - 64,19%
Conceição do Coité: Marcelo (DEM) - 51,45%
Conceição de Jacuípe: Tania Yoshida (PSD) - 46,82%
Conde: Dudu Vieira (MDB) - 48,23%
Condeúba: Silvan Baleeiro (MDB) - 55,92%
Contendas do Sicorá: Margareth (Pros) - 53,39%
Coração de Maria: Kley Lima (PP) - 51,53%
Cordeiros: Delci (PSD) - 55,73%
Coribe: Dr Murillo (PL) - 62,19%
Coronel João Sá: Carlinhos Sobral (MDB) - 56,78%
Correntina: Maguila (PCdoB) - 47,88%
Cotegipe: Márcia Sá Teles (PP) - 52,30%
Cravolândia: Ivete (PSD) - 51,73%
Crisópolis: Ldantas (PSB) - 56,39%
Cristópolis: Gilson Nascimento (PSD) - 55,29%
Cruz das Almas: Ednaldo Ribeiro (Republicanos) - 53,25%
Curaçá: Pedro Oliveira (PSC) - 43,85%
Dário Meira: William De Alemão (PP) - 61,66%
Dias D’ávila: Alberto Castro (PSDB) - 45,32%
Dom Brasílio: Roberval Galego (PL) - 62%
Dom Macedo Costa: Guito (PT) - 52,38%
Elísio Medrado: Linsmar Moura (PSD) - 51,29%
Encruzilhada: Dr Lei (PSD) - 52,73%
Entre Rios: Manoelito Argolo Junior (Solidariedade) - 44,04%
Érico Cardoso: Eraldo Félix (Repub) - 53,96%
Esplanada: Nandinho Da Serraria (PSDB) - 42,42%
Euclides da Cunha: Dr Luciano (PDT) - 57,20%
Eunápolis: Cordélia Torres (DEM) - 51,40%
Fátima: Binho De Alfredo (PT) - 73,34%
Feira da Mata: Valmir (PSD) - 57,17%
Feira de Santana: 2º Turno = Zé Neto (PT) - 41,55% X Colbert Martins (MDB) - 38,18%
Filadélfia: Louro Maia (DEM) - 49,52%
Firmino Alves: Padre Aguinaldo (PDT) - 50,01%
Floresta Azul: Gicélia Santana (PSB) - 78,50%
Formosa do Rio Preto: Neo (PSD) - 53,52%
Gandu: Leo De Neco (PP) - 65,19%
Gavião: Laurindo Nazario (PSD) - 51,47%
Gentio de Ouro: Roberio (PDT) - 54,51%
Glória: David Cavalcanti (PP) - 58,49%
Gongogi: Adriano Mendonça (PSD) - 52,26%
Governador Mangabeira: Marcelo (PP) - 53,44%
Guajeru: Galego (PSD) - 55,53%
Guanambi: Nilo Coelho (DEM) - 59,07%
Guaratinga: Marlene Dantas (DEM) - 46,16%
Heliópolis: Mendonça (PL) - 52,34%
Iaçu: Nixon (PSD) - 53,21%
Ibiassucê: Adauto (DEM) - 58,63%
Ibicaraí: Dra Monalisa (DEM) - 46,86%
Ibicoara: Gil (PSC) - 52,57%
Ibicuí: Marcos Galvão (PSD) - 51,13%
Ibipeba: Demostenes (PSD) - 53,74%
Ibipitanga: Beto (PDT) - 54,99%
Ibiquera: Dr Ivan (PP) - 60,73%
Ibirapitanga: Beto (PDT) - 54,99%
Ibirapuã: Calixto (PP) - 56,82%
Ibirataia: Ana Cleia (PSD) - 43,89%
Ibitiara: Wilson De Bududa (PSD) - 53,58%
Ibititá: Nilvinha (PSD) - 51,20%
Ibotirama: Dr Laercio Santana (PSB) - 51,83%
Ichu: Gonzaga (PSD) - 53,58%
Igaporã: Neto (PT) - 51,50%
Igrapiúna: Manoel Ribeiro (PP) - 53,29%
Iguaí: Rony Moitinho (PSD) - 52,06%
Ilhéus: Marão (PSD) - 43,24%
Inhambupe: Nena (PSD) - 69,84%
Ipecaetá: Júnior Piaggio (PSD) - 58,79%
Ipiaú: Maria (PP) - 49,87%
Ipirá: Dudy (PSD) - 58,09%
Ipupiara: Ascir Leite (PP) - 61,07%
Irajuba: Sampaio (PP) - 53,17%
Iramaia: Tunga (PP)  - 58,04%
Iraquara: Nino Coutinho (PSD) - 69,22%
Irará: Derivaldo Pinto (PT) - 57,55%
Irecê: Elmo Vaz (PSB) - 56,21%
Itabela: Luciano Francisqueto (Republi) - 70,98%
Itaberaba: Ricardo Mascarenhas (PP) - 47,05%
Itabuna: Augusto Castro (PSD) - 39,50%
Itacaré: Antonio De Anizio (PT) - 63,60%
Itaeté: Zenildo Matos (DEM) - 58,87%
Itagi: Dr Olival (DEM) - 54,42%
Itagibá: Marquinhos (PCdoB) - 47,73%
Itagimirim: Luizinho (PODE) - 48,33%
Itaguaçu da Bahia: Adãozinho (PSD) - 66,75%
Itaju do Colônia: Djalma (PSD) - 50,52%
Itajuípe: Marcone Amaral (PSD) - 56,84%
Itamaraju: Dr Marcelo (PSDB) - 51,33%
Itamari: Dr Tom (PP) - 71,78%
Itambé: Candinho (PSD) - 45,03%
Itanagra: Marcus Sarmento (PP) - 49,79%
Itanhém: Mildson Medeiros (PSD) - 62,99%
Itaparica: Zezinho (PTB) - 47,18%
Itapé: Naeliton (PP) - 54,33%
Itapebi: Peba (PP) - 58,43%
Itapetinga: Rodrigo Hagge (MDB) - 70,31%
Itapicuru: Moreira (PSD) - 61,73%
Itapitanga: Ró De Beto (PSB) - 59,52%
Itaquara: Marco Aurélio (PSB) - 54,22%
Itarantim: Fábio Gusmão (PSD)
Itatim: Daiane (PSD) - 55,27%
Itiruçu: Dra Lorenna (PSD) - 58,18%
Itiubá: Zé Do Rádio (PP) - 48,33%
Itororó: Paulo Rios (PP) - 71,75%
Ituaçu: Phellipe Brito (PSD) - 49%
Ituberá: Reges (PP) - 63,53%
Iuiu: Reinalldo Góes (PSD) - 68,22%
Jaborandi: Dr Marcos (PSDB) - 50,66%
Jacaraci: Antonio Carlos (PSD) - 67,93%
Jacobina: Tiago Dias (PCdoB) - 45,82%
Jaguaquara: Edione (PP) - 47,14%
Jaguarari: Seu Antonio (PT) - 53,96%
Jaguaripe: Arandas (PSD) - 57,21%
Jandaíra: Adilson Leite (Avante) - 50,16%
Jequié: Zé Cocá (PP) - 38,29%
Jeremoabo: Deri Do Paloma (PP) - 50,54%
Jiquiriçá: Cascalho (PSB) - 72,20%
Jitaúna: Patrick Lopes (PP) - 66,33%
João Dourado: Di Cardoso (PL) - 52,35%
Juazeiro: Suzana Ramos (PSDB) - 55,68%
Jucuruçu: Lili (PSDB) - 50,42%
Jussara:Tacinho Mendes (PP) - 52,65%
Jussari: Valete (PSD) - 72,12%
Jussiape: Dr Éder (PSD) - 54,76%
Lafaiete Coutinho: Joao Vei (PP) - 52,04%
Lagoa Real: Pedro Cardoso (MDB) - 50,98%
Laje: Binho De Mota (PSD) - 52,81%
Lajedão: Tonzinho (PROS) - 52,27%
Lajedo do Tabocal: Marquinhos Sena (PP) - 52,33%
Lajedinho: Antonio Mário (PSD) - 59,99%
Lamarão: Pró Ninha (PT) - 57,16%
Lapão: Marcio Messias (PSD) - 55,78%
Lauro de Freitas: Moema Gramacho (PT) - 50,77%
Lençóis: Vanessa Senna (PSD) - 57,25%
Licínio de Almeida: Dr. Fred (PCdoB) - 100,00%
Livramento de Nossa Senhora: Ricardinho (REDE) - 53,59%
Luis Eduardo Magalhães: Junior Maraba (DEM) - 59,29%
Macajuba: Luciano De Noé (PSD) - 55,50%
Macarani: Selma Souto (PSD) - 55,97%
Macaúbas: Aloisio (DEM) - 47,60%
Macururé: Bergue De Josias (PCdoB) - 68,84%
Madre de Deus: Dailton Filho (PSB) - 59,44%
Maetinga: Dra Aline (PL) - 59,66%
Maiquinique: Jesulino Porto (DEM) - 53,35%
Mairi: Jobope (PT) - 56,13%
Malhada: Dr Gimmy (PT) - 52,13%
Malhada de Pedras: Beto De Preto Neto (PSD) - 52,50%
Manoel Vitorino: Silvany Barros (PSD) - 51,19%
Mansidão: Djalma Ramos (Solidariedade) - 38,23%
Maracás: Soya (PDT) - 52,72%
Maragogipe: Valnício Armede (PSD) - 60,94%
Maraú: Manassés (PP) - 52,24%
Marcionílio Souza: Corró (PP) - 52,36%
Mascote: Arnaldo Lopes (Republicanos) - 73,25%
Mata de São João: João Gualberto (PSDB) - 48,88%
Matina: Olga (PL) - 53,06%
Medeiros Neto: Beto Pinto (Pros) - 55,41%
Miguel Calmon: Caca (PT) - 51,82%
Milagres: Cezar De Aderio (PP) - 60,94%
Mirangaba: Dirceu Ribeiro (PSD) - 36,46%
Mirante: Wagner Ramos (PSD) - 57,07%
Monte Santo: Silvania Matos (PSB) - 53,20%
Morpará: Lelei Barreto (PT) - 53,99%
Morro do Chapéu: Juliana Araujo (PL) - 48,44%
Mortugaba: Heráclito (PT) - 57,18%
Mucugê: D Ana (DEM) - 54,37%
Mucuri: Robertinho (DEM) - 28,73%
Mulungu do Morro: Edimario Boaventura (PSB) - 50,18%
Mundo Novo: Dr Adriano (PSB) - 52,22%
Muniz Ferreira: Professor Gileno (PP) - 59,11%
Muquém do São Francisco: Mara Rios (PT) - 54,75%
Muritiba: Mara Rios (PT) - 54,75%
Mutuípe: Digão (MDB) - 62,44%
Nazaré: Eunice Barreto Peixoto (DEM) - 45,09%
Nilo Peçanha: Jacqueline (DEM) - 50,44%
Nordestina: Eliete De Ito (PSD) - 55,44%
Nova Canaã: Dr Marival (PP)  - 57,49%
Nova Fátima: Adriano De Rosalvo (PP) - 58,72%
Nova Ibiá: Murilo (PSD) - 64,67%
Nova Itarana: Danilo De Zeu (PSD) - 87,44%
Nova Redenção: Guilma Soares (PT) - 41,85%
Nova Soure: Cassinho (PSD) - 45,34%
Nova Viçosa: Luciana (PP) - 49,31%
Novo Horizonte: Djalma (PP) - 67,46%
Novo Triunfo: Matheus Bob (PP) - 57,06%
Olindina: Luiz Alberto (PSD) - 47,98%
Oliveira de Brejinhos: Silvinho (PSD) - 62,44%
Ouriçangas: Tonho De Fiito (PSB) - 68,23%
Ourolândia: Zé Do Povo (DEM) - 53,35%
Palmas de Monte Alto: Manoel Rubens (PSD) - 43,74%
Palmeiras: Ricardo Guimarães (PSD) - 43,49%
Paramirim: Beto (PSB) - 51,70%
Paratinga: Marcel (PT) - 59,36%
Paripiranga: Justino Neto (Pros) - 50,50%
Pau Brasil: Babi De Prado (PSD) - 49,58%
Paulo Afonso: Luiz De Deus (PSD) - 39,66%
Pé de Serra: Edgar Miranda (PSD) - 49,55%
Pedrão: Galego da Saúde (PSD) - 73,41%
Pedro Alexandre: Yuri Andrade (PP) - 59,15%
Piatã: Marcos Paulo (PDT) - 52,83%
Pilão Arcado: Orgeto Bastos (PP) - 79,20%
Pindaí: Joao Veiga (PP) - 57,68%
Pindobaçu: Dr Davi (PP) - 53,94%
Pintadas: Valcyr (PT) - 52,74%
Piraí do Norte: Ulysses Veiga (PP) - 70,97%
Piripá: Flavio (PTB) - 47,07%
Piritiba: Samuel (PP) - 55,44%
Planaltino: Romi (PL) - 51,59%
Planalto: Cloves (PT) - 52,39%
Poções: Dona Nilda (PCdoB) - 47,27%
Pojuca: Duda Leite (PSDB) - 65,26%
Ponto Novo: Thiago Gilleno (PSD) - 53,59%
Porto Seguro: Janio Natal (PL) - 41,17%
Potiraguá: Jorge Cheles (PP) - 64,95%
Prado: Gilvan (PSD) - 60,15%
Presidente Dutra: Robertao (MDB) - 59,20%
Presidente Jânio Quadros: Lélio Júnior (PL) - 51,82%
Presidente Tancredo Neves: Toin Do Bó (PP) - 42,12%
Queimadas: Dr Andre (PT) - 51,94%
Quijingue: Nininho Gois (PL) - 71,54%
Quixabeira: Reginaldo (DEM) - 56,39%
Rafael Jambeiro: Cibele (PT) - 52,51%
Remanso: Marcos Palmeira (PCdoB) - 55,46%
Retirolândia: Vonte Do Merim (PSD) - 63,24%
Riachão das Neves: Miguel Crisostomo (PSD) - 53,99%
Riachão do Jacuípe: Carlinhos Matos (DEM) - 46,21%
Riacho de Santana: Tito (PP) - 48,63%
Ribeira do Amparo: Germano Santana (PT) - 51,32%
Ribeira do Pombal: Eriksson (PSD) - 52,62%
Ribeirão do Largo: Rebinha (PP) - 56,09%
Rio de Contas: Dr Cristiano (PSB) - 59,15%
Rio do Antônio: Gerson Martins (PP) - 62,16%
Rio do Pires: Vânio De Gildásio (PP) - 54,02%
Rio Real: Carroça (PP) - 48,50%
Rodelas: Emanuel (PCdoB) - 51,87%
Ruy Barbosa: Cláudio Serrada (PSD) - 64,36%
Salinas da Margarida: Wilson (PSD) - 64,54%
Salvador: Bruno Reis (DEM) - 64,20%
Santa Bárbara: Edifrancio (PSD) - 49,26%
Santa Brígida: Elton (PT) - 53,25%
Santa Cruz Cabrália: Não definido - Agnelo Santos (PSD) venceu em número de votos, mas teve a candidatura indeferida.
Santa Cruz da Vitória: Professor Maurício (PSDB) - 50,70%
Santa Inês: Professor Emerson (PT) - 83,07%
Santaluz: Dr Arismário (Avante) - 54,59%
Santa Luzia: Fernando Brito (PSD) - 52,56%
Santa Maria da Vitória: Tonho De Ze De Agdonio (PL) - 54,14%
Santana: Marcão (PP) - 66,52%
Santanópolis: Vitor Do Posto (PP) - 50,54%
Santa Rita de Cássia: Zezo (PSDB) - 51,35%
Santa Terezinha: Agnaldo Andrade (PSD) - 49,07%
Santo Amaro: Alessandra Gomes (PSD) - 39,49%
Santo Antônio de Jesus: Genival (PSDB) - 53,82%
Santo Estevão: Rogerio (PT) - 44,40%
São Desidério: Zé Carlos (PP) - 68,72%
São Domingos: Ilario Carneiro (PSD) - 52,49%
São Felipe: Choquinha (Republicanos) - 52,31%
São Félix: Alex (DEM) - 61,28%
São Félix do Coribe: Chepa Ribeiro (PP) - 54,52%
São Francisco do Conde: Calmon (PP) - 61,96%
São Gabriel: Hipólito (PP) - 57,33%
São Gonçalo dos Campos: Tarcísio (Solidariedade) - 54,24%
São José da Vitória: Jeová Nunes (PSB) - 53,82%
São José do Jacuípe: Peris (PP) - 55,47%
São Miguel das Matas: Baleia (PSDB) - 56,91%
São Sebastião do Passé: Nilza Da Mata (PP) - 53,14%
Sapeaçú: Doutor George (DEM) - 62,70%
Sátiro Dias: Pedrito (PSB) - 57,72%
Saubara: Marcia de Bolinha (Avante) - 50,48%
Saúde: Auci Do Haras (PDT) - 40,15%
Seabra: Fábio Lago Sul (PP) - 60,87%
Sebastião Laranjeiras: Dr Pedro (PSB) - 50,05%
Senhor do Bonfim: Laércio Junior (DEM) - 51,52%
Sento Sé: Ana Passos (PSD) - 62,18%
Serra do Ramalho:  Lica (PSDB) - 43,25%
Serra Dourada: Nenenzao (PT) - 50,85%
Serra Preta: Franklin Leite (DEM) - 57,25%
Serrinha: Adriano Lima (PP) - 53,21%
Serrolândia: Gildo Mota (PCdoB) - 53,89%
Simões Filho: Dinha (MDB) - 55,10%
Sítio do Mato: Cassio Cursino (PSD) - 53,10%
Sítio do Quinto: Jair Santos (PSD) - 64,57%
Sobradinho: Cleivinho (PSD) - 48,61%
Souto Soares: André (PT) - 72,46%
Tabocas do Brejo Velho: Flavio Fogão Goiano (PP) - 50,96%
Tanhaçu: João Francisco (PP) - 48,83%
Tanque Novo: Dr Ricardo (PP) - 50,66%
Tanquinho: Zé Luiz (PT) - 51,93%
Taperoá: Kitty (PP) - 54,40%
Tapiramutá: Roberto (PCdoB) - 54,52%
Teixeira de Freitas: Doutor Marcelo Belitardo (DEM) - 60,91%
Teodoro Sampaio: Bitinho (PL) - 53,77%
Teofilândia: Higo Moura (Republicanos) - 53,09%
Teolândia: Rosa (PP) - 57,53%
Terra Nova: Éder De Nilda (Cidadania) - 39,57%
Tremedal: Dr. Zé Bahia (Podemos) - 46,30%
Tucano: Ricardo Maia (PSD) - 49,27%
Uauá: Marcos Lobo (PDT) - 50,00%
Ubaíra: Lucio Monteiro (PSD) - 50,47%
Ubaitaba: Bêda (MDB) - 63,25%
Ubatã: Tinho (PSB) - 65,81%
Uibaí: Birinha (PDT)  - 65,55%
Umburanas: Roberto Bruno (DEM) - 49,62%
Una: Tiago De Dejair (PP) - 84,89%
Urandi: Warlei (PSD) - 50,67%
Uruçuca: Moacyr (DEM) - 51,75%
Utinga: Joyuson Vieira (PSB) - 41,51%
Valença: Jairo (PP) - 46,58%
Valente: Ubaldino Amaral (DEM) - 74,30%
Várzea da Roça: Danillo Sales (PCdoB) - 69,80%
Várzea do Poço: Carneiro (PCdoB) - 50,44%
Várzea Nova: Joao Hebert Araujo Da Silva (PSL) - 57,26%
Varzedo: Bahia (PSC) - 62,81%
Vera Cruz: Vinicius (MDB) - 86,29%
Vereda: Manrick Teixeira (PP) - 51,59%
Vitória da Conquista: Segundo turno = Zé Raimundo (PT) - 47,44% X Herzem Gusmão (MDB) - 46,08%
Wagner: Elter Bastos (PSB)  - 61,16%
Wanderley: Fernanda Sá Teles (PP) - 57,92%
Wenceslau Kaká (Republicanos)  - 55,13%
Xique-Xique: Reinaldinho (MDB) - 55,65%

Fonte: Bahia Noticias.