quinta-feira, 2 de abril de 2020

Concursos: Como Aproveitar o Isolamento Social Para Estudar Em Casa


Aproveitar o tempo ao máximo para estudar é certeza de que se está mais próximo da aprovação.

A pandemia vivenciada nestes últimos meses tem deixado a população preocupada, e isso de certa forma afetou a rotina de muitas pessoas. Em diversos lugares, o isolamento social e a quarentena têm sido adotados como forma de prevenção à contaminação em massa pelo Covid-19, popularmente conhecido como coronavírus; e dentre o público que precisou adotar tais medidas, encontram-se os estudantes para certames de instituições públicas, os chamados concursos.
Entretanto, não se pode deixar que esse isolamento afete a rotina de estudos necessária para a aprovação almejada. Seguem, então, dicas de como aproveitar o tempo em casa para "turbinar" os estudos!

1. Faça um planejamento, dividindo as matérias pela semana (os planners são uma excelente alternativa). O ideal é que se estudem duas matérias por dia. Como há tempo suficiente, sugere-se que o destinado a cada disciplina seja entre uma hora e meia a duas horas, com resolução de exercícios.
2. Procure um local silencioso, bem iluminado e arejado da sua casa, com um assento confortável.
3. Tenha à disposição um computador ou tablet, para eventuais consultas à internet para tirar dúvidas ou assistir a aulas (cursos online ou aulas gratuitas por sites de cursos preparatórios, ou canais do YouTube).
4. Durante o período de estudo, desligue o celular e desapegue-se das redes sociais (a não ser que seja deveras necessário), para evitar o desvio de atenção e perda do foco.
5. Caso tenha a necessidade de estudar em dupla ou grupo, use o aplicativo hangout meet, habilitável por uma conta Gmail.
6. Use Mapas Mentais para assimilar melhor os assuntos. Tal método auxilia bastante no destaque das informações relevantes e facilita a revisão do conteúdo. Para construir um desses mapas, diversos sites auxiliam, basta fazer uma pesquisa simples pelo Google.
7. Organize o ambiente onde estuda. Um local organizado estimula a concentração e traz sensação de bem-estar.
8. Alimente-se bem e beba bastante água. Opte por frutas e alimentos leves. Evite comidas gordurosas, "pesadas", que podem provocar a sensação de sonolência e até mal-estar por causa do processo mais lento de digestão.
9. Lance mão dos simulados, para revisar os conteúdos, e de provas anteriores aplicadas pela banca examinadora (caso o edital já esteja publicado ou se conheça a empresa que aplicará a prova). Dessa forma, o estudante se acostuma ao estilo adotado pela organizadora do certame, tendo maior aderência e facilidade para compreender os comandos das questões.
10. Atente-se para as notícias da atualidade e, se possível, num caderno, resuma-as em pontos importantes. Além do conhecimento disponível nos livros, os fatos do cotidiano são cobrados em questões específicas ou podem ser usados como informações relevantes na elaboração de textos dissertativos.
11. Se estiver se preparando para um certame que tenha questão discursiva (redação), desenvolva o hábito de escrever, no mínimo, duas produções textuais por semana (padrão dissertativo-argumentativo, entre 20 e 30 linhas). A prática da escrita e a correção dos equívocos (tenha sempre o contato de um profissional que possa analisar) são as formas ideais de preparação.

Texto enviado por Raphael Lima Costa - Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos e servidor público na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Fonte: Acorda Cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário