segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Bandidos Atiram Em Ônibus Da Banda O Poeta Em Camamu: ‘Deram Três Tiros’


O grupo musical baiano O Poeta passou por momentos de tensão na cidade de Camamu, localizado na Costa do Dendê, Litoral Sul da Bahia. O ônibus da banda foi atacado por ladrões que tentaram praticar um assalto e dispararam contra o veículo. Todos os músicos ficaram jogados no chão durante a tentativa de roubo. 
“O nosso ônibus foi acertado três vezes por tiros, mas ninguém ficou ferido. Entrou uma bala na direção do banco do motorista, mas ele não estava sentado lá”, afirmou o cantor John Ferreira, O Poeta, através de vídeos postados no Instagram oficial do grupo. 
John relatou que, no momento do ataque, eles foram salvos por uma viatura da Polícia Militar.  “Infelizmente, antes do evento, a gente passou aqui uma situação de desespero. Nosso ônibus foi atacado por bandidos que tentaram assaltar nossos aparelhos e pertences, mas graças a Deus e uma guarnição que se aproximou rapidamente conseguiu conter os bandidos e estamos bem”, destacou o cantor da banda que ganhou visibilidade após lançar a música Saco de Pão da Cara. 


Os músicos relataram que ficaram desesperados, mas decidiram manter o show. “Tocamos em homenagem ao público porque queríamos ir embora para preservar a nossa segurança mas em respeito e amor ao público que estava lá dentro do espaço nos aguardamos. Por isso, nós tocamos. Está todo mundo bem e indo para casa graças a Deus”, destacou o cantor. 
A Polícia Militar informou, em nota, que a  33ª Companhia Independente da Polícia MIlitar (CIPM/Valença) atendeu a uma ocorrência de tentativa de roubo, com disparos de arma de fogo na BA-001. 
"Por volta das 23h, policiais militares da unidade foram acionados por integrantes de uma banda de música, que chegava de ônibus a cidade de Camamu, para atenderem a uma ocorrência de tentativa de roubo, com disparos de arma de fogo na BA-001, nas proximidades da entrada da cidade de Camamu. A guarnição realizou rondas na região, mas os suspeitos não foram localizados. Os policiais militares orientaram os solicitantes a registrarem o fato na delegacia", afirmou a PM, em nota. 
O CORREIO tentou contato com a delegacia da Polícia Civil da cidade, mas não houve retorno até o momento. *Por Correio 24H.

Nenhum comentário:

Postar um comentário