terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Comoção e Dor: A História Dos 6 Inocentes Mortos Em Tiroteio No Ceará


Ana Karoline de Souza Barros, 14, e Cíntia Maria Lima da Silva, 15, caminham juntas pela rua 15, a principal via do centro do município de Serra Talhada, no sertão de Pernambuco. Passa das 11 horas do sábado. Todo o comércio está fechado em homenagem às cinco vítimas da mesma família mortas durante tentativa de assalto a duas agências bancárias na cidade de Milagres, no Ceará, que resultou em 14 assassinatos (oito criminosos e seis reféns).
Uma delas é Vinícius Magalhães, 14, colega de sala das duas adolescentes. Elas vestem a farda do Colégio de Aplicação. Nas costas da camisa, escreveram mensagens de despedida para o amigo, com corações e flores. No alto delas, grafaram o nome do rapaz com caneta Bic.
“É uma forma de a gente nunca esquecer do Vinícius”, explica Cíntia, uma das centenas de pessoas que acompanhavam o velório dos inocentes da tragédia de sexta-feira, 7.
Além dele, morreram o pai, o empresário João Magalhães, e outras três pessoas da família, que vinham de São Paulo para passar o Natal: Claudineide Campos de Souza, 42; o marido Cícero Tenório dos Santos, 60; e o filho do casal, Gustavo Tenório dos Santos, 13. Todos foram sepultados ontem – Vinícius e João em Serra Talhada e os demais em São José do Belmonte, já na divisa com o Ceará.
“O sonho do Vinícius era ser engenheiro civil”, lembra Ana Karoline, com quem ele tinha mais afinidade. Filha de uma professora da rede municipal que dava aula de reforço para o amigo havia cinco anos, eles se viam todos os dias. “De manhã, na escola, e de tarde, na minha casa. Éramos assim próximos desde criança”.
Cíntia relata que ele gostava mesmo era de futebol e videogame. Nos últimos dias, só falava da chegada de Gustavo. “Já havia preparado tudo em casa pra receber o primo pra jogar”, narra Simone Maria de Barros Souza, 37, a professora com quem Vinícius esteve uma última vez um dia antes da morte.
“Ele se despediu de mim assim: ‘Tia, eu não venho mais’. Até brinquei com ele, pedi pra não dizer isso”, recorda. “Ele repetiu: ‘Tia, eu não venho mais’.
Depois me abraçou, disse que me amava e saiu. Me deu quatro beijos e dois abraços”. Eram fim de tarde da quinta-feira, 6.
Nesse mesmo dia, João Magalhães se preparava para reunir novamente a família. Uma semana antes, havia comemorado duas décadas de casamento com Cláudia Magalhães, com quem tinha ainda o caçula, João Vitor, 9. “Estavam muito felizes”, fala o aposentado Marcelo Barros, 65, que tinha conhecido João, comerciante bem-sucedido, no fim de semana anterior, através do grupo Encontro de Casais com Cristo (ECC).
Para Rosivaldo Antonio dos Santos, 32, funcionário da prefeitura do município, João não era apenas o amigo de infância com quem eventualmente curtia festas. “Aquilo era um cabra bom”, diz, com sotaque do interior pernambucano. “Essas mortes deveriam ter sido evitadas”, acrescenta. “A culpa é 100% da Polícia”.
Na cidade, enquanto o cortejo seguia até o cemitério de Alto de Bom Jesus, o clima era de comoção e revolta. Entre choro e lamentos, amigos e familiares criticavam a operação policial conduzida por agentes de segurança do Ceará. “A nossa sensação é de revolta”, sintetiza Tadeu Gama, 46, representante comercial e cunhado de João. “É óbvio que nada vai trazer nossos entes de volta, mas o sentimento é de que houve um pouco de despreparo da Polícia do Ceará”.
De acordo com ele, o que resta à família é esperar por uma apuração rigorosa dos acontecimentos. “Fizemos que tudo que podíamos. Consolamos os parentes. Choramos. E agora temos de seguir”, responde Gama, a quem coube comunicar à filha de Claudineide que a mãe e o irmão haviam sido mortos no Ceará.
“Foi duro. Ela achava que a mãe já estava aqui e estava dormindo, porque não atendia o telefone”. Era já manhã de sexta-feira, e Serra Talhada começava a receber as primeiras informações sobre a tragédia de Milagres, a pouco mais de 150 km dali. “Esperamos que isso seja melhor apurado, de onde partiu esse erro. Porque a nossa perda foi grande”. (Henrique Araújo).

INOCENTES:
Os reféns mortos na tragédia foram alvo de emboscada de quadrilha que tentou assaltar as agências de Bradesco e Banco do Brasil de Milagres. Voltavam do aeroporto de Juazeiro do Norte quando os veículos foram interceptados na BR-116 e eles foram levados como escudo humano. Edneide foi morta pouco tempo depois no centro de Milagres, em troca de tiros entre policiais e criminosos, conforme a SSPDS.

Fonte: O Povo.

Hangar Celebra 10 Anos Com Grade De Atrações Excepcional; Veja Programação


Se você é da Bahia e região e quer aproveitar estes últimos dias de 2018 em grande estilo, comece a deixar o dia 22 de dezembro livre na sua agenda, pois a Festa Hangar comemora uma década com atrações de nível nacional. Saia Rodada, Xand Avião, Léo Santana, Dorgival Dantas, Devinho Novaes e Dieguinho DB serão responsáveis por animar o grande público esperado.
A festa terá início num sábado, às 18 horas, no Parque de Exposições de Valente, a 230 km de Salvador-BA. Os ingressos para a festa, realizada pela Casebre Produções, já estão à venda nos shoppings e pelas principais cidades da região. Os preços variam de R$ 55 a R$ 215, variando de acordo com as áreas.
“Para nós, é uma satisfação muito grande chegar à décima edição com uma grade de primeira como essa! Sabemos das dificuldades em manter um evento no calendário fixo de festas da Bahia, mas ao longo dos anos, a gente vem fortalecendo a marca da Hangar e tem o orgulho de ver o crescimento”, comenta o empresário e sócio Thiago Miranda.
“Nosso trabalho acontece o ano inteiro, acompanhando o que está ´acontecendo´ na cena musical e buscando sempre o melhor para o público, que nos abraça desde o início”, explica Tassio Miranda, outro gestor do evento.
 


Neste ano serão várias as opções para quem quiser curtir a festa. Serão três ambientes: a Pista de Pouso, o Espaço Privilege (com open bar de cerveja, refrigerante e água) e o Golden Club (com open bar de whisky 8 anos, vodka, roska, caipirinha, espumante, Big Apple, vinho, suco, frozen e catuaba, além de cerveja, refrigerante e água).

Serviço:
Hangar – 10 anos: Xand Avião + Léo Santana + Dorgival Dantas + Devinho Novaes + Saia Rodada + Dieguinho DB
Parque de Exposições de Valente, Bahia – 22 de dezembro de 2018, às 18 horas.
Ingressos: Pista de Pouso (Pista) – R$ 55
Espaço Privilege (open bar cerveja, refrigerante e água) – R$ 105
Golden Club – R$ 215 (open bar de whisky 8 anos, vodka, roska, caipirinha, espumante, Big Apple, vinho, suco, frozen, catuaba, além de cerveja, refrigerante e água).

Euclides da Cunha: 3 Pessoas Perdem a Vida Em Acidentes De Moto



O final de semana nem terminou e já registou três mortes em três acidentes de moto em Euclides da Cunha. Os acidentes aconteceram na sede e no interior. O primeiro aconteceu na sede, por volta das 18h, no bairro Nossa Senhora de Fátima (Dengo), tendo como vítima fatal um senhor conhecido como Batista (lado esquerdo, foto acima), já o segundo e o terceiro aconteceram na BR 116/Norte, na proximidade do povoado de Santo Antônio, no final da noite e início da manhã, respectivamente, tendo como vítimas fatais Marcelo Santana de Souza (lado direito, foto acima) e Fernando Pereira dos Santos, moradores da sede.
Segundo informações colhidas pela equipe de reportagem do site eucliesdacunha.com, todas as mortes são resultantes de colisão de moto contra veículos de passeio ou de carga.
Na sede, a colisão (foto acima) ocorreu na Rua Monte Santo, quando o condutor de um veículo de passeio tentou fazer uma ultrapassagem, porém acabou atingindo frontalmente a motocicleta que estava na direção contrária. Relatos de moradores do local indicam que o condutor não teria ficado no local para prestar o socorro necessário. O senhor Batista foi levado para o Hospital Municipal ACM, em Euclides da Cunha, mas devido à gravidade dos ferimentos foi encaminhado para a cidade de Salvador. No meio do trajeto a vítima acabou não resistindo aos ferimentos e sua morte foi confirmada pela equipe médica.
Na zona rural, as colisões foram em locais próximos, envolvendo moto caminhão e moto, em horários distintos. Marcelo Santana de Souza morreu por volta das 22h, no local do acidente. Fernando Pereira dos Santos morreu neste domingo, também morreu no local. As circunstâncias das colisões não estão claras, sabe-se que em um dos acidentes envolveu uma carreta do tipo baú, que foi parar às margens da rodovia federal após atingir a motocicleta.
Os corpos foram encaminhados ao IML de Euclides da Cunha, onde já foram submetidos à necropsia e liberado aos familiares para o sepultamento. O sepultamento do corpo do senhor Batista está marcado para às 16h30 deste domingo, 9; os demais devem acontecer nesta segunda-feira.

Fonte: Euclidesdacunha.com.

Homem Morre Após Violenta Colisão Frontal Entre Caminhão e Carreta Na BR-116


Um homem morreu após uma colisão frontal entre um caminhão e uma carreta, na BR-116, trecho da cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, no sábado (15). As informações foram divulgadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).
De acordo com a polícia, o acidente aconteceu por volta das 13h20, na altura do Km-814, quando o caminhão, que seguia sentido Salvador, invadiu a pista contrária (sentido Vitória da Conquista) e colidiu de frente com a carreta. Com o impacto, o caminhoneiro morreu no local. Não há informações sobre o que teria motivado a vítima a invadir a pista.

Foto: Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ainda segundo a PRF, motorista da carreta, que não ficou ferido, foi submetido ao teste do bafômetro, mas não foram identificados níveis de álcool.
Por conta do acidente, a pista ficou totalmente interditada por cerca de uma hora e parcialmente interditada por mais três. (G1/BA).



Jornalista, Esposa, Filho e Carona Morrem Após Carro Cair Em Rio


Quatro pessoas morreram após um Ford Ecosport cair dentro de um rio em Marcelândia (a 710 km de Cuiabá), na noite de sexta-feira (14). O motorista do carro era o empresário José Francisco Sampaio, 56 anos, conhecido popularmente como Zeca Sampaio, dono do “Jornal Folha de Marcelândia”, tradicional na cidade com mais de 18 anos de história. Além de Zeca, morreram no carro sua esposa, Joyce Adelia Moraes Sampaio, 40 anos; o filho do casal, Henry Lucas Moraes Sampaio, 18 anos, e um amigo da família, identificado como Fausto Nobres da Silva Filho, 17 anos. A filha mais nova de Zeca, Monica Soraya Moraes Sampaio, 12 anos, também estava no carro e foi a única sobrevivente.


Ela contou para a polícia que conseguiu sair do carro por uma das portas enquanto o veículo afundava no rio. Ela nadou até próximo à margem e conseguiu se agarrar em galhos e cipós até a chegada de testemunhas. A garota disse que a família estava chegando de Sinop e o pai errou a ponte no trajeto, fazendo com que o carro caísse dentro do rio. Segundo o boletim de ocorrência, o rio estava cheio e com correnteza muito forte, fazendo com que o veículo afundasse rapidamente. O carro foi retirado do local após um período dentro do rio com auxílio de um caminhão muck e um guincho. Os corpos ainda estavam dentro do carro. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local do acidente iniciando os trabalhos de análise. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Pai, Mãe e Filhos Morrem Após Carro Bater e Pegar Fogo Na BR-386


Um acidente envolvendo três veículos causou as mortes de um casal e de duas crianças na tarde deste sábado (15) na BR-386 em Montenegro, na Região Metropolitana de Porto Alegre, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Dois carros incendiaram. A colisão aconteceu por volta das 15h30 no km 426. As quatro vítimas estavam em um dos carros que pegaram fogo, com placas de Sapucaia do Sul. Outras quatro pessoas tiveram ferimentos leves – três estavam em um dos automóveis, e a quarta, no outro.
Os dois adultos e uma das crianças que morreram foram carbonizados. No mesmo carro, estava um bebê preso à cadeirinha, que foi projetado para fora do automóvel no próprio equipamento e não resistiu ao impacto. O corpo dele foi encontrado em um matagal por agentes da PRF. Por volta das 17h, o fogo nos veículos já havia sido controlado, e os policias aguardavam a chegada de técnicos do Instituto-Geral de Perícias (IGP). O acidente causou bloqueio das duas faixas no sentido decrescente.


Vítimas identificadas:
Era moradora de Santa Cruz do Sul a família morta na tarde de sábado, 15, após acidente na BR-386, em Montenegro. O caso ocorreu por volta das 15h20, quando dois veículos – um Peugeot Passion, com placas de Sapucaia do Sul e um Ônix, com placas de Montenegro – se chocaram frontalmente. O condutor do Passion teria perdido o controle da direção ao frear e rodopiou na pista, causando a colisão. Os dois veículos acabaram pegando fogo.
As quatro vítimas fatais estavam no Passion. O pai, Cristiano Ferreira da Silva, de 40 anos, a mãe, Karen Alessandra Job da Silva, de 38 anos, e o filho, João Vitor Job da Silva, de 12, morreram carbonizados dentro da veículo. A filha mais nova, Manuela Job da Silva, de apenas 3 anos de idade, estava na cadeirinha e foi arremessada do carro no momento do impacto. Seu corpo foi encontrado no matagal, às margens da rodovia. Do outro veículo – o Ônix – e de um terceiro, que acabou envolvido indiretamente, quatro pessoas acabaram com ferimentos leves.
Os corpos da vítimas fatais foram encaminhados ao Departamento Médico Legal (DML) de Porto Alegre para reconhecimento. Na manhã deste domingo, 16, familiares estiveram no local para a realização do procedimento. A menina deve ser velada até o final do dia, no Cemitério Paz Eterna, em Santa Cruz. Não há previsão para o restante da família, devido ao estado dos corpos.

Simone e Simaria Demitem 15 Funcionários Da Banda e Reforça Rumor De Separação



Mais um novo capítulo na história da dupla Simone e Simaria. A bomba da vez foi divulgada pelo colunista Léo Dias, do jornal 'O Dia', que revelou que as irmãs demitiram 15 funcionários da banda.
A notícia, claro, fez reforçar os rumores de que as duas vão se separar. Nas redes sociais, diversos internautas as questionaram sobre a informação. "Vocês vão acabar mesmo?", quis saber um dos internautas. Mas, acordo com a publicação, Simone e Simaria, na verdade, vão se mudar para São Paulo e, por uma questão de logística, demitiram os profissionais que moravam mais longe da cidade.
A dupla está afastada dos palcos há dois meses, desde que Simaria precisou voltar a tratar da tuberculose ganglionar. Simone, por sua vez, preferiu não seguir sem a irmã e decidiu esperar ela concluir o tratamento para voltar a fazer os shows. O retorno, inclusive, estava previsto para o Réveillon, mas foi adiado para o Carnaval.
Em seu Stories, nesta segunda-feira (17), Simone não se pronunciou sobre os rumores, mas postou um vídeo em que aparece gravando uma música nova de trabalho, sem a presença da irmã. "Carnaval está chegando. Simone e Simaria estão chegando", disse ela na postagem *IBahia.

Senhor do Bonfim: Filha De Casal De Empresários Morre Em Acidente Na BA-220


Um acidente registrado por volta de 00h10 da madrugada desta segunda-feira (17), deixou o saldo de uma pessoa morta. A vítima, trata-se de Ana Paula Morato Damasceno, de 37 anos, filha do casal José Damasceno e Auristela Morato, empresários de Senhor do Bonfim.
Segundo informações da Polícia Militar de Campo Formoso, Ana Paula Morato dirigia um veículo Corola, de cor preta, placa OME 0828, licença de Senhor do Bonfim, quando perdeu o controle do carro e este acabou capotando, fato ocorrido na BA-220, próximo aquela cidade. Ela teve morte no local.
A PM de Campo Formoso acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que esteve no local, mas constatou que Ana Paula já estava morta. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Senhor do Bonfim, foi acionado e removeu o corpo para o IML de nossa cidade.
Os pais de Ana Paula, Zé Masceno, como é mais conhecido, e Auristela Morato, mais conhecida como Estela, são os proprietários das lojas Feirão das Malhas e Stela Magazine, ambos localizados na Praça Augusto Sena Gomes.
Ana Paula Morato deixou duas filhas.

Fonte: BLOG DO ELOILTON CAJUHY.