segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Colisão Entre Carro e Moto Deixa Duas Vítimas Fatais Na BA 120


Duas pessoas que estavam em uma motocicleta morreram após colisão com um carro de passeio, no fim da tarde desta sexta-feira (7), em Santaluz. O acidente aconteceu na BA-120, nas proximidades da entrada do Morro dos Lopes.
Segundo a Polícia Militar, as causas do acidente ainda são desconhecidas, mas populares afirmam que a moto seguia sentido Queimadas quando invadiu a mão contrária e bateu de frente com o carro.
As vítimas fatais, identificadas como Jonas e Givanildo Silva dos Santos, de 37 anos, moradores do bairro Deloda, chegaram a ser socorridas para o hospital da cidade, mas não resistiram aos ferimentos. O motorista do carro, identificado até o momento como Cacau, sofreu cortes no rosto, mas não corre risco de morte. Ele foi transferido para outra unidade em Feira de Santana ou Salvador.
Ambos os veículos foram recolhidos pela Polícia Militar. Os corpos serão encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica de Serrinha *Fonte: Noticias de Santaluz.

Condutor Alcoolizado Sem CNH Bate de Frente Com Viatura No Interior da Bahia


A colisão entre um VW Gol e uma viatura da Polícia Militar, na noite deste sábado (8) por pouco não acaba em tragédia. O acidente aconteceu a cerca de 2 km de Vila do Café, distrito de Encruzilhada no sudoeste da Bahia, onde ocorria um evento festivo (Cavalgada dos Amigos). Conforme informações passadas ao Ribeirão Noticias, por volta das 22:45hs a viatura seguia do distrito sentido a sede do município e o condutor do VW Gol, prata, MQV9471 vinha em sentido contrário, colidindo assim com a parte frontal da viatura. O motorista da viatura tentou uma manobra para evitar a colisão, porem insuficiente pelo fato de a estrada não possuir acostamento.
Com o impacto foi acionado um dos AIRBAGS da viatura o que evitou que os integrantes da Guarnição sofressem ferimentos. Segundo o Ribeirão Notícias, os PMs imediatamente foram prestar socorro ao condutor do outro veículo que apresentava vários cortes, possivelmente provocados por estilhaços de vidro e alegava sentir fortes dores pelo corpo e na perna esquerda já que não usava cinto de segurança. Uma ambulância que passava pelo local removeu a vítima até o Hospital Municipal Milton Rocha. O condutor do veiculo, Ramon Oliveira Santos, 21 anos, não possuía Carteira Nacional de Habilitação, e apresentava hálito com odor característico de consumo de bebida alcoólica.

Cantor Alemão Cai No Mar Durante Cruzeiro e Está Desaparecido


Os fãs do cantor alemão Daniel Kublbockestão apreensivos desde que a companhia de cruzeiros marítimos Aida Cruises informou que ele está desaparecido após cair no mar durante uma parada na província de Terra Nova e Labrador, no Canadá. 
De acordo com nota divulgada pela empresa, o incidente ocorreu na manhã do último domingo, dia 9, sem dar maiores informações sobre o ocorrido. As buscas intensivas estão sendo realizadas pela equipe da companhia e pelas autoridades locais, no entanto. 
Para quem não sabe, o cantor, que tem 33 anos de idade, ficou famoso em 2003 quando participou da versão alemã do reality show de competição Pop Idol, como você pode ver na foto acima. 
Desde sua aparição no programa, ele lançou seis discos de estúdio, um álbum ao vivo e uma coletânea de seus maiores sucessos. E não é só isso. Ele voltou a ser notícia em 2010, quando se assumiu gay em entrevista com um jornal alemão. 

Mr. Catra, Padrinho de Artistas e Pai de 32 filhos, Morre Aos 49

Artista vinha lutando contra um câncer no estômago

Conhecido pelas frases cáusticas e por ser polígamo e pai de 32 filhos, o cantor Mr. Catra, 49, morreu na tarde deste domingo (9), em decorrência de um câncer no estômago. Ele estava internado no hospital HCor, em São Paulo.
Catra se formou em direito, mas nunca exerceu a profissão. Além disso, ele dizia falar quatro línguas - inglês, francês, hebraico e alemão.
O cantor começou a carreira nos anos 1980 com uma banda de rock chamada O Beco. Mas foi no funk, nos anos 1990, que ele se tornou conhecido. Seu primeiro álbum, "O Bonde dos Justus", lançado em 1994, trazia um dos seus primeiros hits, "Vida na Cadeia".
Em 2000, lançou um dos seus sucessos mais conhecidos até hoje, "Adultério", uma paródia da música "Tédio", da banda Biquíni Cavadão.
Uma das polêmicas músicas do funkeiro é "Bota um Chip na Minha". Nela, "papai", como ele mesmo se chamava, diz: "Para de ligar, isso me irrita, quer me rastrear? Bota um chip na minha pica".
Entre outras composições mais tocadas estão "Uh Papai Chegou" e "Bonde que Vê". Padrinho de outros funkeiros, Catra ajudou a alavancar a carreira de nomes como Valeska Popozuda, com quem fez a música "Mama", e Tati Quebra-Barraco.
Ele fez diversas parcerias durante a carreira, a exemplo de "Kong", que teve direito a videoclipe com a participação de Neymar e de Alexandre Pires. Também gravou com a Banda Uó a música "Catraca".
Na época das eleições de 2014, em parceria com o sertanejo Thiago Matheus, o funkeiro lançou a música "Catra Presidente". Nela, o candidato tinha como principais propostas a proibição dos casamentos e hotéis de graça, tudo isso "em nome do amor".
O funkeiro vivia com três mulheres ao mesmo tempo. E foi autor de declarações controversas como "machismo é colocar sua fêmea para trabalhar". Em entrevista à Folha de S.Paulo, em 2013, disse repudiar "homem que bate em mulher. A não ser que ela peça".
Além da música, ficou também conhecido por suas frases de efeito. Costumava começar seus shows com a emblemática "se tudo der certo, hoje vai dar merda". Ou, então, "vai começar a putaria".
Mr. Catra era o apelido de Wagner Domingues Costa que nasceu no morro do Borel, mas foi criado como playboy, como ele dizia. Cresceu na rua Dr. Catrambi, zona norte do Rio, e foi daí que surgiu seu apelido.
Ele foi criado numa família de classe média alta que acolhera sua mãe biológica. Por isso, estudou em escolas tradicionais da capital fluminense, como o Colégio Pedro 2º.
Um documentário feito em 2011, pelo diretor Rafael Mellin, chamado "90 Dias com Catra", revela algumas manias do cantor, como a de usar o mesmo microfone em todos os shows que fazia - podiam chegar a cinco por noite. "Sou operário do funk", dizia ele.
"Microfone é que nem escova de dente e cueca. Tu usa cueca dos outros?", diz o funkeiro no vídeo disponível no site Kondzilla - canal de vídeos de funk, fenômeno de visualizações.
No documentário, ele conta algumas extravagâncias que fez com dinheiro, como promover uma chuva de R$ 14 mil ou queimar R$ 50 mil em fogos. "Não ligo muito para dinheiro", afirmou o funkeiro, que dizia que quem tem dinheiro não tem amigo.
Religioso, ele se declarava "hebreu". "Tive que matar meu espírito e ressuscitar para viver da bênção do milagre", disse também à Folha de S.Paulo em 2013, quando negou incompatibilidade entre fé e estilo de vida.
Seu guia, dizia, era Salomão, rei de Israel e que teve várias mulheres. Na ocasião ele afirmou também "se meu coração pede pra ter uma união xiita, hebreia, por que casar catolicamente?"
Catra revelou que estava doente em dezembro do ano passado, mas o tumor havia sido descoberto no início de 2017. Nos últimos meses, ele havia mudado seus hábitos alimentares e emagrecido mais de 30 quilos.
À época, chegou a fazer um vídeo para acalmar os fãs e disse que estava na "área". "O bagulho tá tudo tranquilo e o papai tá forte como um touro. Tem algumas coisas que acontecem de vez em quando, mas foi só uma balançada, uma bambeada. O touro tá aí de novo", declarou, em dezembro de 2017.
O músico chegou a afirmar que o câncer poderia ter sido desencadeado por seus maus hábitos, como comer errado e ficar muitas noites sem dormir.
"Eu adquiri a enfermidade e Deus deu a cura. Isso [o câncer] foi falta de descanso, noites ser dormir, comer errado."
"Ele representava coisas essenciais do ethos das periferias urbanas brasileiras, e era um cara alto astral, que sabia gostar de viver", escreveu Caetano Veloso sobre o funkeiro, com quem dividiu o palco para cantar "Vaca Profana", em uma rede social.
Além dos filhos e mulheres, Catra deixa quatro netos. Com informações da Folhapress.

MC Loma Briga Com Empresário e Diz Que Foi Enganada


Depois de ter shows cancelados por não estar frequentando a escola, a funkeira MC Loma está envolvida em mais uma polêmica. Desta vez, a cantora de 15 anos brigou com o empresário, Marcelo Fernandes, e o acusou de não repassar valores de cachês e de mau gerenciamento da carreira que ela tem com as Gêmeas Lacração. 
Hoje, os valores cobrados por cada apresentação do trio são em torno de R$ 20 mil, segundo apuração do jornal "Extra". Ainda de acordo com a publicação, Loma se apresenta até três vezes por noite aos finais de semana. 
Mesmo que por contrato ela e a mãe, que a representa, não possam comentar o assunto publicamente, a adolescente usou o Instagram para relatar o momento difícil que está vivendo. Ela está com problemas financeiros, mesmo depois de todo o sucesso com o hit "Envolvimento", que a fez ficar conhecida em todo o Brasil. 
“Foram tantos planos que criamos, tantas dificuldades que passamos. E hoje, eu só posso lembrar dos bons momentos. Acreditei, confiei e me decepcionei”, escreveu MC Loma.
A reportagem do "Extra" entrou em contato com Marcelo Fernandes. Porém, ele não retornou as ligações. 

Solange Almeida Revela Motivo de Sua Saída Do Aviões do Forró


Solange Almeida revela motivo de sua saída do Aviões do Forró.

Solange Almeida foi uma das maiores perdas que o Aviões do Forró já sofreu. A separação da cantora com a banda deixou todo mundo surpreendido. Em entrevista ao Altas Horas, a morena revelou que nem ela tinha essa intenção.
“Não tinha intenção alguma de sair do Aviões do Forró, mas aí surgiu a história de fazer um DVD que fosse uma coisa paralela, sugerido por eles. E, logo em seguida, aquilo tomou uma proporção muito grande e foi começando a afetar a nossa convivência diária”, contou.
Ainda na conversa, Solange Almeida deu detalhes e revelou que saiu da banda para evitar uma tragédia. “A coisa foi ficando insustentável e, para que nós não terminássemos de forma tão trágica e a gente não esquecesse as coisas boas que vivemos, decidi sair da banda”, revelou a cantora.
Completando 32 anos de carreira, a artista fez questão de ressaltar que se orgulha de sua força em se reinventar, após 15 anos de sucesso no grupo cearense:
“Tem sido uma luta diária. Dei a cara a bater, com 43 anos, quatro filhos para criar, sozinha… E consegui fazer isso”, declarou a artista.
“Não sabia a força que tinha. Hoje sei a grande mulher que sou e me orgulho da mulher que sou, da força que tenho e da carreira que venho construindo”, finalizou.