segunda-feira, 7 de maio de 2018

Irmã de Cristiano Araújo Comemora Punição Para Quem Divulga Imagem De Pessoas Mortas Na Internet


A irmã de Cristiano Araújo, Ana Cristina Melo, comemorou o aumento da pena para quem divulga imagens de cadáveres, acessadas através da profissão. O projeto de lei havia sido aprovado no último dia 17 de abril e prevê aumento de até um terço da pena para quem cometer vilipêndio de cadáver (desrespeito ao corpo). A assessoria do relator que aprovou a proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deputado federal Fausto Pinato (PP-SP), chegou a chamar a medida de “Lei Cristiano Araújo”.
Ana Cristina ainda afirma que toda a família sofreu na época, principalmente por conta da exposição das imagens. “É muito difícil lidar com isso. Já é muito dolorosa a perda e ainda ver as pessoas compartilhando as imagens. Acabamos tendo que evitar redes sociais e a internet. Não consigo ver as imagens dele nem de gravações em vida, imagina isso. Nada minimiza a dor de passar por esse constrangimento”, afirmou ao G1 Goiás.
O acidente aconteceu em 2015, quando o veículo em que estavam Cristiano Araújo e Allana Coelho, namorada do cantor, perdeu o controle e saiu da pista. A jovem de 19 anos não resistiu e morreu no local do acidente, enquanto que Cristiano chegou a ser socorrido, mas também não resistiu. Estavam no carro, também, o motorista Ronaldo Miranda e o empresário Victor Leonardo. O motorista foi condenado a 2 anos e 7 meses por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, mas vai cumprir a pena em regime aberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário