WEB RADIO RMSOM | AUTO DJ 24 HRS

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Declaração De Sogra Para Nora Surpreende e Viraliza Na Web: “Noras Não São Bruxas Más”


Quem nunca ouviu falar na rixa entre sogra e nora? Mas isso é bem diferente no relacionamento entre Karla Nunes e Bruna Jardim, moradoras de Araruama, na Região dos Lagos do Rio. Com mais 120 mil compartilhamentos, 70 mil curtidas, sem contar os comentários, a publicação da professora Karla Nunes é um exemplo de que quando há amor, não sobra espaço para conflitos.
“É nítido o amor que ela tem por meu filho. Fica claro que a vontade dela é apoiar, estar junto e crescer junto. Então quis fazer o texto como agradecimento. E quis mostrar que os amores são diferentes e que nunca será uma competição. Podemos jogar no mesmo time.” Karla Nunes.
Ao “se declarar” para a nora na postagem, a professora Karla Nunes dispensou aquela ideia que sogra e nora precisam se odiar. Com muito amor por Bruna, o texto foi publicado em um grupo privado de uma rede social e bombou após ser compartilhado publicamente por um dos membros do grupo.
No texto, Karla diz que todas as sogras deveriam entender que as noras “não são bruxas más que afastam os filhos das mães” e que, se for possível essa amizade, os filhos ficam ainda mais próximos.


Karla explicou ao G1 que, quando o filho estava fazendo um ano de namoro, ela resolveu fazer a postagem, depois de perceber que muitas sogras e noras reclamavam dos relacionamentos no grupo.
A professora e a universitária se conheceram há um ano, quando foi oficializado o namoro entre Bruna, de 18 anos, e Igor Nunes, de 20.
“Eu conheço o pai do Igor desde bem antes da gente pensar em ter qualquer coisa. E eu tinha uma vergonha absurda de conhecer a mãe dele e muito medo dela não gostar de mim, né? Até que nos aproximamos absurdamente e, dali para frente, foi só melhorando. Hoje em dia temos muita intimidade, conversamos sobre várias coisas, pedimos conselhos uma para outra. Ela é realmente a minha segunda mãe”, contou Bruna.

‘Super Sogra’ conselheira:
Com o sucesso do post de Karla, foram surgindo muitos pedidos de conselhos por noras e sogras. O resultando disso foi a criação de uma página no Facebook destinada ao tema. Segundo Bruna, a repercussão se deu porque as pessoas têm como referência do “normal” um relacionamento de conflito entre as duas.
“Noras e sogras do Brasil todo me chamando pra contar suas histórias, pedindo ajuda nas relações. Muitas pediram que eu fizesse uma página pra falarmos sobre o tema. Então fiz, mas na minha vida essas relações são normais. Sou uma pessoa que uso com frequência o verbo amar. Tem que transbordar amor pra valer a pena.”
A psicóloga Marina Vasconcellos Rocha explicou que na sociedade atual a relação entre nora-sogra está marcada por estereótipos, e que é possível perceber isso por meio das piadas e comentários feitos pela população.
“Essa disputa entre sogra e nora acaba sendo ruim por atribuir à mulher essa função de ter que ser cuidadora, boa em tudo que faz e responsável pela felicidade e desenvolvimento do homem”, explicou a psicóloga. (Informações do G1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário