WEB RADIO RMSOM | AUTO DJ 24 HRS

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

16 Dos 61 Que Votaram Pelo Impeachment Mantiveram Direitos Políticos De Dilma


Dezesseis dos 61 senadores que votaram a favor do afastamento definitivo de Dilma Rousseff optaram por manter os direitos políticos da presidente cassada. Outros três parlamentares pró-impeachment se abstiveram nessa questão.
O Senado aprovou nesta quarta-feira (31) o impeachment da presidente afastada. Foram 61 votos a favor do impeachment, sete a mais do que os 54 necessários, e 20 contrários. Todos os senadores estiveram presentes; nenhum se absteve. 
Na segunda votação, foram 42 votos a favor da inabilitação de Dilma, 36 contrários e três abstenções. Para que a petista perdesse os direitos, também eram necessários 54 votos.

Renan: "E, no Nordeste, costumam dizer uma coisa com a qual eu não concordo: "Além da queda, coice."

Com o resultado, Dilma está afastada definitivamente da Presidência um ano e oito meses depois de assumir seu segundo mandato, mas garante seus direitos políticos. Eleito vice na chapa da petista em 2014, o presidente Michel Temer (PMDB) deixa de ser interino e assume definitivamente o cargo até o fim de 2018.
Entre os que votaram pelo impeachment, mas mantiveram os direitos políticos de Dilma está o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Outros seis peemedebistas seguiram Renan, e outros dois se abstiveram. 
"Afastar a Presidente da República é constitucional. Pode afastar na forma da Constituição e da democracia? Pode, mas não é da Constituição inabilitar a Presidente da República como consequência do seu afastamento, não; essa decisão terá que ser tomada aqui, pelo Plenário do Senado Federal,", afirmou Renan. Ele acrescentou: "E, no Nordeste, costumam dizer uma coisa com a qual eu não concordo: "Além da queda, coice." Nós não podemos deixar de julgar, nós temos que julgar, mas nós não podemos ser maus, desumanos."
A decisão de manter os direitos políticos da presidente Dilma foi motivo para mais um racha na base aliada.  Mais tarde, o secretário de governo da Presidência da República, Geddel Vieira Lima, disse que o PMDB vai subscrever uma ação judicial que vai questionar junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) a decisão do Senado que manteve a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) habilitada a exercer cargos públicos.
Geddel minimizou as declarações de líderes da oposição como Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) que questionaram a posição de senadores do PMDB, partido do presidente Michel Temer, que votaram contra a inabilitação de Dilma. "Já conversei com o PSDB e já conversei com o Democratas, e o PMDB já fez um gesto importante que é subscrever essa ação que vai arguir a constitucionalidade da decisão tomada pelo Senado da República. Não há problema nenhum nisso", afirmou Geddel (Notícias Uol).

Ferida Em Ato Contra Temer Em SP Perde a Visão Do Olho Esquerdo

Deborah Fabri foi ferida no olho esquerdo durante ato contra o governo Temer em São Paulo (Foto: Mel Coelho /Mamana Foto Coletivo)

Deborah Fabri foi atingida no olho na noite desta quarta.
Protesto teve fotógrafos detidos e confronto com a Polícia Militar.

A manifestante Deborah Fabri, 19 anos, ferida por bomba da Polícia Militar na manifestação contra o governo Michel Temer na noite desta quarta-feira (31) no Centro de São Paulo, perdeu a visão do olho esquerdo. A jovem postou em uma rede social a mensagem: "Oi pessoal estou saindo do hospital agora. Sofri uma lesão e perdi a visão do olho esquerdo mas estou bem. Obrigada pelas mensagens e apoio logo logo respondo todos!!!".
Ao menos 20 mil pessoas participaram do ato, segundo a Frente Brasil Popular e a CUT. A PM não divulgou números.
Deborah foi ferida na noite desta quarta e levada para o Hospital das Clínicas, onde passou por exames. Depois recebeu atendimento no Hospital de Olhos, no Paraíso, de onde saiu no final da manhã desta quinta.
O Hospital de Olhos informou em boletim médico que a paciente "foi internada em nosso serviço às 2h37 do dia 1º de setembro de 2016, com trauma na região da face, escoriações nas pálpebras e região malar esquerda, e lesão perfuro contusa no olho esquerdo". Deborah passou por cirurgia de urgência. O hopital também disse que "por ser tratar de um procedimento de alta complexidade oftalmológica, o prognóstico requer cuidados especiais".
Testemunhas que socorreram a jovem relataram nas redes sociais que ela foi atingida pela Polícia Militar - ou por estilhaços de bombas lançadas pelos policiais ou por bala de borracha. Procurada, a Secretaria da Segurança não se posicionou.
O Levante Popular da Juventude, movimento do qual Deborah faz parte, divulgou uma nota que diz: "não descansaremos até que os responsáveis sejam punidos e ela disponha de toda a assistência necessária". O texto ainda diz que o movimento tomará "todas as medidas judiciais e políticas cabíveis". 
Além dela, uma jovem foi atropelada durante o protesto (veja vídeo abaixo). Há relatos de mais feridos nas redes sociais.
Dois fotógrafos que foram detidos durante a manifestação contra o presidente Michel Temer na noite desta quarta foram liberados no início da manhã desta quinta-feira (1º). Um deles teve o equipamento completamente destruído pelos policiais militares.
Segundo colegas dos fotógrafos ouvidos pelo Bom Dia São Paulo, não houve motivos para a detenção, e a polícia agrediu os dois enquanto trabalhavam.
A Secretaria da Segurança Pública afirmou que os PMs "que conduziram os fotógrafos relataram que eles estariam atirando pedras contra a tropa. Por sua vez, um dos fotógrafos denunciou que foi agredido. Foi solicitado o exame de corpo de delito. Eles foram liberados em seguida. A PM apurará as circunstâncias da ocorrência", diz nota. Eles não foram autuados (Fonte: O G1).

Jovem postou em rede social que perdeu a visão do olho esquerdo após ser atingida em ato contra Temer (Foto: Reprodução/Facebook)

Luís Eduardo Magalhães: Dois Morrem e Um Fica Ferido Em Batida Entre Motos e Carro


Um acidente entre duas motocicletas e um carro deixou duas pessoas mortas e um ferido na BR-020, próximo à cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, na noite de domingo (28). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um homem e um adolescente que estavam em uma das motos morreram no local.
O acidente ocorreu por volta das 21h, no km 178. Uma das motocicletas pegou fogo com a colisão.
Segundo a polícia, testemunhas afirmaram que havia uma carreta envolvida no acidente, mas o veículo não foi localizado. Não há informações sobre o motivo da colisão.



Um homem ficou ferido com a colisão, mas a polícia não soube informar se ele era pedestre ou estava a bordo de uma das motocicletas. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luís Eduardo Magalhães. Com a batida, o carro ficou com a parte da frente destruída, mas o motorista do veículo não teve ferimentos.

Informações do G1/BA.
Fotos: Blog do Sigi Vilares.

Cristovam Buarque é Chamado De Golpista Em Audiência


Senador suspendeu sessão após ser hostilizado por estudantes

BRASÍLIA — O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) foi hostilizado por estudantes nesta quinta-feira, quando comandava uma audiência na Comissão de Educação do Senado. Os manifestantes eram contrários ao projeto Escola Sem Partido e ao impeachment de Dilma Rousseff.
Protesto no Rio reuniu 3 mil pessoas no Rio, segundo a PMManifestantes vão às ruas após votação do impeachment
Michel Temer vai ao Senado para tomar posse como presidente da RepúblicaTemer rebate acusação de golpe e diz que 'não levará desaforo para casa'
O o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), sentado, e o deputado José Guimarães (PT-CE), de gravata vermelha Deputado petista chama Janaína de ‘golpista’ e gera confusão na sessão
— Os alunos começaram a se manifestar sem deixar eu falar. Eles estavam querendo a escola só com o partido deles. Mas comecei a ouvir grito de golpista, golpista e golpista! Eu fiquei nove anos fora do Brasil para não conviver com golpista. E não quero que ninguém conviva com golpista. Como acharam que a Mesa estava sendo coordenada por um golpista, e em homenagem a eles, que não têm coragem de se exilar, eu saí e suspendi a sessão. Mas ninguém tocou em mim — disse Cristovam.
A polêmica ocorreu, porque os estudantes são contra o projeto Escola Sem Partido. Os estudantes começaram a gritar contra o projeto, gritando que "estudantes na escola têm direito a pensar". Cristovam, que votou a favor do impeachment, é relator do projeto.
Outros apoiadores do impeachment também já foram hostilizados publicamente. No dia 18 de agosto, o ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) foi filmado e criticado em um voo comercial de Brasília a Salvador, na Bahia. No vídeo, um homem identificou Geddel como ministro do "governo golpista do Michel Temer" e como parceiro do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.
No último dia 25, o empresário João Dória (PSDB), candidato a prefeito de São Paulo, também ouviu gritos de "Fora Temer" e "golpista" durante um evento realizado por um sindicato de servidores da rede municipal de educação (Fonte: O Globo).

Madre Teresa Será Canonizada No Domingo, 19 Anos Após Morte


CIDADE DO VATICANO (Reuters) - Chamada carinhosamente de "santa das sarjetas" durante a vida, Madre Teresa de Calcutá será transformada em uma santa da Igreja Católica oficialmente no domingo, 19 anos após sua morte.
Vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Madre Teresa foi uma das mulheres mais influentes dos 2.000 anos de história da igreja, aclamada por seu trabalho com os mais pobres do mundo nas favelas da cidade indiana de Calcutá.
Centenas de milhares de fiéis devem comparecer à cerimônia de canonização da freira, que será conduzida pelo papa Francisco diante da basílica de São Pedro.
Embora criticada durante a vida e após a morte, Madre Teresa é reverenciada pelos católicos como um modelo de compaixão que levou alívio aos doentes e moribundos, abrindo filiais de suas Missionárias da Caridade (M.C.) em todo o globo.
"Mesmo na cultura popular ela é identificada com a bondade, a gentileza, a caridade", disse o padre Brian Kolodiejchuk, integrante da organização fundada por Madre Teresa que fez campanha por sua canonização.
"Em romances e filmes, é frequente ver personagens dizerem 'Ah, quem você pensa que eu sou? Madre Teresa?'", disse ele à Reuters.
Seus críticos a veem de outro modo, argumentando que ela fez pouco para aliviar a dor de doentes terminais e nada para erradicar as causas da pobreza.
Em 1991, o periódico científico britânico Lancet visitou uma casa para moribundos que ela administrava em Calcutá e afirmou que cuidadores sem treinamento eram incapazes de reconhecer quando alguns pacientes poderiam ter sido curados.
Kolodiejchuk disse que seus detratores não entenderam o propósito de sua missão, alegando que ela criou um lugar para confortar as pessoas em seus últimos dias, em vez de estabelecer hospitais.
"Não temos que provar que santos foram perfeitos, porque ninguém é perfeito", disse.
Na Índia, uma nação predominantemente hindu, Madre Teresa foi acusada de tentar converter os desamparados ao cristianismo – algo que sua missão vem negando reiteradamente (Notícias Uol)

Senado Aprova Impeachment De Dilma, e Temer é Efetivado Presidente Do Brasil


A ex-presidente Dilma Rousseff (PT), afastada do cargo desde maio, foi condenada nesta quarta-feira (31) pelo Senado no processo de impeachment por ter cometido crimes de responsabilidade na condução financeira do governo. O impeachment foi aprovado por 61 votos a favor e 20 contra. Não houve abstenções.
Em outra votação, Dilma conseguiu manter os direitos políticos. Não foram alcançados os 54 votos necessários para que ela perdesse o direito a ocupar cargos públicos: foram 42 votos a favor da perda; 36 contrários e 3 abstenções.
Após o resultado da votação, dezenas de senadores e deputados presentes ao plenário do Senado comemoram com palmas e cânticos. Um grupo favorável ao impeachment entoou um trecho do Hino Nacional. Entre os que lideraram o coro estava Ronaldo Caiado (DEM-GO). No lado dos que defendiam Dilma, o resultado foi recebido com resignação e sem grandes manifestações de de emoção. A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) segurava um cartaz com a foto de Dilma durante seu julgamento na época da ditadura militar.
A decisão abriu caminho para a efetivação de Michel Temer (PMDB) na Presidência da República até 2018. A posse de Temer ocorreu em rápida cerimônia no Senado nesta quarta-feira.


Enquanto Dilma depunha no Senado, Temer participava de cerimônia com atletas olímpicos no Planalto
Dilma deve ter 30 dias para deixar o Palácio da Alvorada e manterá benefícios destinados a ex-presidentes, como o direito a utilizar funcionários públicos.
Em sua defesa no Senado, Dilma afirmou que não praticou irregularidades e que o impeachment é na verdade um "golpe de Estado" por ser motivado por razões políticas e por não ter existido crimes de responsabilidade em seu governo. Esses argumentos foram repetidos na segunda-feira (29) quando a petista passou 13 horas no plenário do Senado fazendo sua defesa, com um discurso pela manhã e respondendo questões dos senadores até o fim da noite (Notícias Uol).


No Twitter, Joaquim Barbosa Critica Impeachment “Tabajara” e Ironiza Discurso De Temer


Aclamado por julgado os processos do Mensalão, o advogado e ex-presidente do STF Joaquim Barbosa surpreendeu parte de seus seguidores no Twitter ao fazer duras críticas ao impeachment e a Michel Temer, empossado presidente nesta quarta (31).
Barbosa chamou o processo de “espetáculo patético” e comentou o breve discurso de posse feito por Temer. “Mais patética ainda foi a primeira entrevista do novo presidente do Brasil, Michel Temer. O homem parece acreditar piamente que terá o respeito e a estima dos brasileiros pelo fato de agora ser presidente. Engana-se.”, escreveu.
Barbosa estendeu o alcance de suas críticas também aos internautas estrangeiros, em inglês e francês. “É tão vergonhoso. De repente as forças conservadoras levaram o Brasil. Tomaram tudo!”, concluiu.


“Ele pensa que ‘um golpe jurídico de varinha mágica’ vai lhe dar legitimidade. Coitado!”
O posicionamento do ex-presidente do STF dividiu opiniões e, é claro, rendeu algumas piadas.


Fonte: MSN/Br.