WEB RADIO RMSOM | AUTO DJ 24 HRS

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Eunápolis: Jovem é Achado Morto Em Cisterna No Mesmo Local Onde Corpo De Amigo Foi Encontrado


Um jovem de 20 anos, que estava desaparecido desde o dia 18 de junho, foi encontrado morto dentro de uma cisterna de 20 metros no bairro de Rosa Neto, no município de Eunápolis, no extremo sul da Bahia. O resgate do corpo foi feito pelo Corpo de Bombeiros de Porto Seguro no final da tarde de quarta-feira (22).
O rapaz foi encontrado na mesma cisterna onde um amigo dele, um adolescente de 14 anos, foi achado morto no dia 19 de junho. Segundo o Corpo de Bombeiros, o jovem de 20 anos demorou um pouco mais para ser localizado porque estava soterrado.
O adolescente de 14 anos foi encontrado com diversas marcas de tiros. Já o jovem de 20 anos foi localizado em estado avançado de decomposição. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Porto Seguro.

Resgate:
O adolescente de 14 anos foi encontrado morto dentro da cisterna no domingo (19). A vítima apresentava diversas marcas de tiro e foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros.
A Polícia Civil acrescentou que a autoria e a motivação do crime estão sob investigação.  O delegado Cícero Feitosa informou que familiares do garoto de 14 anos foram ouvidos na unidade policial. Ele não deu detalhes dos depoimentos. (Com informações do G1/BA).

Polícia Já Tem Suspeito Pela Morte Do Dançarino Nego Pom


A Polícia Civil afirmou, por meio de sua assessoria, que já possui um indicativo de autoria e motivação da morte do dançarino e backing vocal da banda Guettho é Guettho, Marcos Venício Santos de Jesus, 32 anos, o Nego Pom.
O caso será investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios, coordenada pelo delegado Jamal Amad. Investigadores estiveram no local do crime, que segundo a polícia é um ponto de venda de drogas.

Pagamento:
Segundo o amigo David Santos, Marcos Venício estava indo buscar um pagamento para a banda Hit Halls, da qual era produtor. “Ele foi buscar a segunda parte do pagamento de um show que fez no mês passado. O valor era R$ 2 mil. Ele tinha recebido uma parte e foi pegar o R$ 1 mil restante. Foi aí que aconteceu essa barbaridade”, afirma.
Guiado pelo GPS, Marcos Venício queria chegar em Vista Alegre. No entanto, acabou parando na localidade de Nova Constituinte, em Periperi, território da facção Bonde do Maluco (BDM), local onde foi atacado a tiros e pedradas, na tarde de terça-feira (21).
De acordo com a testemunha, por volta das 15h, Marcos Venício entrou na Rua Ana Cristina, que liga Nova Constituinte à localidade do Congo. Ele queria sair logo de Nova Constituinte e entrou por conta própria na Rua Ana Cristina, onde parou a moto em frente a um lava-jato. Em seguida, desceu falando no celular, como se estivesse querendo confirmar o endereço com alguém.
“Então, entrou em um bêco, onde subiu uma escadaria. Foi quando ele perguntou a um grupo de rapazes sobre um tal de Jefinho e que tinha que pegar uma encomenda na mão dele. Esse Jefinho é do grupo rival. Ele estava no lugar errado, na hora errada e falado com as pessoas erradas”, contou a moradora.
Segundo ela, cerca de dez minutos após o dançarino entrar na Rua Ana Cristina, os tiros foram disparados. “Foram bem uns dez que escutei. Entre um disparo e outro, a gente ouvia ele dizendo: ‘Porque isso? Porque isso?’. Foi terrível o que fizeram com ele. Quando cheguei para ver, ele estava lavando de sangue e a massa encefálica exposta por causa das pedradas na cabeça”, relatou.


Informações: Correio24H.

Itabela: Carga De Caminhão Cai Sobre Carro e Duas Pessoas Morrem


Dois homens, sendo um deles um idoso de 73 anos, morreram depois de um acidente entre um caminhão carregado de ferro velho e um carro, na altura do km 771 da BR-101, próximo a Monte Pascoal, distrito do município de Itabela, no sul da Bahia, na noite de quinta-feira (23).
Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão tombou e a carga caiu em cima do outro veículo, que vinha no sentido oposto e foi parar fora da pista. O carro pequeno ficou destruído.
Ainda de acordo com a PRF, as duas vítimas estavam no carro. Os corpos ficaram soterrados e só foram removidos pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) na manhã desta sexta-feira (24).
A pista foi parcialmente interditada até o momento da retirada dos corpos. Por volta das 15h40, o trânsito da região fluía sem interrupções.


A PRF informou que o motorista do caminhão perdeu o controle do veículo em uma curva. O condutor não sofreu ferimentos e se apresentou a delegacia de Itabela.
Ele foi ouvido e liberado pela polícia.



As informações são do Portal de Notícias.

Um Ano Sem Cristiano Araújo: Livro Traz Fotos e Histórias Inéditas Do Cantor


'Onze Mil Horas', de Flaney Gonzallez, é uma homenagem ao sertanejo, morto em junho de 2015 após um trágico acidente

Morto em um trágico acidente de carro em 24 de junho de 2015, o cantor Cristiano Araújo foi homenageado através do livro Onze Mil Horas, lançado pelo fotógrafo Flaney Gonzallez, que o acompanhou em sua última turnê pelo país. O projeto traz imagens e histórias - em boa parte inéditas - sobre momentos descontraídos do sertanejo e revela, principalmente, a forma como Cristiano tratava a fama e o sucesso.
"Quando voltei a trabalhar em turnê com a dupla Henrique e Juliano, percebi que o roteiro era exatamente o mesmo que fiz com o Cris. Os mesmos hotéis, palcos, as mesmas pessoas. Eu contava histórias porque vinham na memória o tempo todo e as pessoas se interessavam por elas. Com isso comecei a registrar em papel e o que era para ser um livrinho se tornou um livrão, com tamanho e peso das biografias que eu colecionava em casa", contou Flaney em entrevista à CONTIGO!.

Cristiano Araújo e o fotógrafo Flaney Gonzallez. Eles trabalharam juntos entre março de 2014 e junho de 2015 (Foto: Divulgação)

Segundo o fotógrafo, a obra vai aproximar os fãs de quem, de fato, Cristiano era longe dos palcos. "Talvez para os fãs, até então, seja a obra que mais vá deixá-los próximos do Cristiano ser-humano além de artista. Não é um livro triste. É um livro que fala de vida, que eu gostaria de ter escrito com ele aqui, ainda em turnê. Um livro que narra a história de um fotógrafo que aprendeu e descobriu muita coisa na companhia de um artista famoso, mas que não dava a mínima para o que a maioria das pessoas que vivem o mesmo valorizam tanto", disse ele.

ÚLTIMO ENCONTRO
"Experimentamos uma relação de respeito e admiração mútua pelo trabalho um do outro, e pela forma única de pensar. Eu o instigava a ir mais afundo nos pensamentos sobre o que estávamos vivendo, e nossos voos eram cheios de papos agradáveis, onde eu aprendia muito vendo ele pautar a felicidade em atividades tão simples do dia-a-dia, como jogar futebol, brincar com os filhos ou namorar", relata Flaney sobre o relacionamento com o artista.
O último encontro entre o fotógrafo e Cristiano Araújo aconteceu na mesma data do acidente. "Nos vimos no último show, sai meia hora antes dele rumo a Goiânia. Mandei algumas fotos enquanto eles ainda estavam na estrada. Ele visualizou no Whatsapp minutos antes de acontecer tudo aquilo. Não era uma noite comum, e o cansaço o deixava mais triste e sério do que durante todo aquele mês em turnê pelo nordeste", relembra.

Os momentos divertidos de Cristiano foram registrados por Flaney (Foto: Flaney Gonzalles/Divulgação)

BRIGA COM GUSTTAVO LIMA
O livro aborda ainda a briga existente entre Cristiano Araújo e Gusttavo Lima. "Uma série de desencontros, conversas truncadas e alfinetadas levaram os dois a um bate-boca muito feio pelo celular. Desde então, praticamente se odiavam. Araújo confidenciou que desejava fazer as pazes. Em certa ocasião, quase estendeu a mão para o rival, mas teve medo de que Gusttavo não correspondesse ao gesto. Eu vi no rosto dele, naquele momento, aquele sentimento que quem é do bem sabe como é, de quando a raiva passa, o tempo já curou as mágoas, e apenas o orgulho impede a aproximação. Eu sabia que ele não guardava rancor e que por ele voltaria a ser amigo do Gusttavo, até porque admirava o jeito dele cantar e tinha gratidão pelo que viveram lá atrás", conta Flaney em um dos capítulos. 
Através de um post no Facebook, o fotógrafo esclarece críticas: "O Onze Mil Horas trata da minha história. Do que eu vivi ao lado do Cris. O que ele passou durante toda a vida, vocês deverão ler um dia pela redação de outra pessoa. Cristiano foi um cara digno e íntegro e histórias como desse impasse não fazem nem dele nem do Gusttavo seres humanos ruíns. Todos nós já nos desentendemos com algum amigo e nos chateamos. Entrou na obra para mostrar o quanto Cris não guardava rancor, e mostrar pro próprio Gusttavo, que ele se foi sem sentir raiva. Era para mostrar para todos nós, o quanto vale a pena pensar duas vezes antes de ir dormir brigado com alguém, pois amanhã poderá ser tarde pra um abraço."


No palco, Cristiano Araújo honra o pai, João Reis (Foto: Flaney Gonzalles/Divulgação)

O livro Onze Mil Horas (Foto: Divulgação).

Fonte/Fotos: Revista Contigo.

Morre Miss Mundo 2014, Aos 22 Anos


Yumara López, Miss Mundo 2014, morreu na última segunda-feira (20), vítima de um tumor no cérebro. A nicaraguense tinha apenas 22 anos e lutava contra o câncer.
A  Miss recebeu o diagnóstico da doença no mesmo ano em que venceu o concurso de beleza. Na época, ela reclamava de tonturas, dores de cabeça e outros sintomas. 
A jovem chegou a se recuperar, porém o tumor retornou e voltou a crescer, segundo O Globo. Na sexta-feira (17), a modelo foi internada e estava sedada devido a fortes dores.
O representante do Miss Mundo na Nicarágua, Denis Dávila, homenageou Yumara em uma página dedicada a ela no Facebook:
"Sua luz brilhará para sempre nos corações de quem tem, guardaremos sua lembrança como uma inspiração de valentia, coragem e luta."
Yumara ganhou o concurso realizado em Londres depois que a ganhadora do título, María Esther Cortés Molina, renunciou ao título.