sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

"GIGANTES DO BRASIL" PAULINHA, SILVÂNIA E DANIEL DIAU ESCOLHEM NOME DE NOVA BANDA


Trio de peso! Daniel Diau, Paulinha Abelha e Silvânia Aquino já escolheram o nome da nova banda que promete mexer com as estruturas do forró: 'Gigantes do Brasil'. A novidade foi apresentada através do Instagram das cantoras que ainda compartilharam vídeos dos encontros musicais para o novo projeto. A estreia está prevista para março deste a

Despedida:
As cantoras Silvânia Aquino e Paulinha Abelha confirmaram a saída delas da banda Calcinha Preta. As duas seguirão para um novo projeto ao lado do também ex-vocalista do grupo Daniel Diau. Em vídeo, divulgado em redes sociais, as cantoras anunciaram o desligamento e pediram o apoio dos fãs no novo momento delas. "Gente agora eu conto primeiro com Deus depois com vcs fãs, amigos enfim! Estou muito feliz com essa decisão, foi uma vontade nossa", escreveu Silvânia. A banda Calcinha Preta também se pronunciou sobre o caso e agradeceu o tempo em que as cantoras trabalharam no grupo de forró. 

Fonte: Ibahia.

Atenção: Lojas Insinuante Passa a Ter o Nome Ricardo Eletro Nas Fachadas De Todas Lojas Em Março

Segundo Ricardo Nunes, presidente da Máquina de Vendas, era um plano antigo transformar todas as bandeiras em um grupo só.

O presidente da Máquina de Vendas garantiu que os nomes conviverão juntos na mesma fachada, mas não especificou quando todas as lojas adotariam um nome só.

A partir do mês de março, a rede de lojas Insinuante vai passar por um processo de unificação de bandeiras com a Ricardo Eletro. O anúncio foi feito pelo presidente da holding Máquina de Vendas, que controla as duas marcas, Ricardo Nunes. “As lojas não irão fechar, mas vamos ter uma bandeira nacional associada a cada loja da rede, com duas marcas convivendo em conjunto”, disse em entrevista.
Também participam da unificação todas as lojas regionais do grupo – City Lar, Eletro Shopping e Salfer – que passam a ter o nome associado com a Ricardo Eletro, assim como a Insinuante que se chamará Insinuante e Ricardo Eletro.
“A marca regional vai estar agregada à marca nacional, mas não muda nada. O cliente vai sair de casa e vai encontrar a mesma loja, só que com uma marca unificada”. Criada em 2010, a partir da fusão da rede baiana Insinuante  com a mineira, Ricardo Eletro, a Máquina de Vendas agregou outras marcas regionais, expandindo suas atividades para o Sul e o Centro-Oeste. Atualmente, a holding está presente em dez estados com 280 lojas.
O presidente da Máquina de Vendas não especificou quando todas as lojas adotariam um nome só. Ele garantiu que  os nomes conviverão juntos na mesma fachada. “Já tínhamos planejado transformar todas as bandeiras em um grupo só”.

Fonte: Correio24H.

Monte Santo: VII Feira Do Muquém Conta Com o Apoio Do CESOL


Durante os dois dias do evento, em média 5 mil pessoas da sede, de localidades do interior e municípios próximos visitam os diversos estandes da Feira com exposição de animais, comidas típicas da região a exemplo do bode e galinha caipira.

Nos dias 19 e 20 de fevereiro acontecerá a VII Feira da Agricultura Familiar de Muquém e região. O evento faz parte do calendário de festejos mais aguardados do município de Monte Santo. Este ano, a sétima edição da Feira ganha mais um reforço com o apoio do Centro Público de Economia Solidária – CESOL – que abrange os territórios do Piemonte Norte do Itapicuru, Piemonte da Diamantina, além dos municípios de Monte Santo, Cansanção e Itiúba.
Durante os dois dias do evento, em média 5 mil pessoas da sede, de localidades do interior e municípios próximos visitam os diversos estandes da Feira com exposição de animais, comidas típicas da região a exemplo do bode e galinha caipira. Outro destaque da Feira é a valorização da agricultura familiar e da Economia Popular e Solidária, através da divulgação dos empreendimentos solidários formado pelos grupos produtivos expostos nos estandes. Os visitantes tem a oportunidade de comprar polpas, doces, geleias, beijus e demais produtos derivados do umbu, maracujá do mato e mandioca. Além disso, também são apresentados os artesanatos feitos com palha de licuri e madeira, transformados em acessórios e objetos de decoração, formando assim, um leque de produtos da sociobiodiversidade.
A VII Feira da Agricultura Familiar de Muquém e região terá a participação de diversos representantes de entidades parceiras, entre eles, Milton Barbosa, Superintendente Estadual de Economia Solidária, vinculada a Secretaria Estadual de Trabalho, Renda, Emprego e Esporte – SETRE. De acordo com Luís Costa, coordenador do CESOL, localizado em Monte Santo, o apoio do CESOL a este evento e a presença do superintendente são formas de manifestar a valorização das iniciativas de economia solidária na região. “Os empreendimentos da economia popular e solidária tem contribuído generosamente com o aumento da renda e consequentemente da qualidade de vida das pessoas. Em nossa região este cenário não é diferente. Aqui nós temos ainda a peculiaridade de que os empreendimentos solidários surgem a partir da organização dos agricultores familiares. Dessa forma, para nós do CESOL é uma satisfação enorme apoiar um evento deste porte, onde a agricultura familiar e a economia solidária são protagonistas”, declarou Costa.
A programação da Feira contempla ainda momentos de formação para os visitantes que poderão participar de oficinas temáticas sobre: manejo de caprinos e ovinos; economia popular e solidária; cultura e história regional e convivência com o semiárido. Para finalizar, à noite acontecerão apresentações culturais de pífanos, shows de Rennan Mendes, Cláudio Barris e artistas locais. A Feira é uma realização da Associação Agropastoril dos Pequenos Produtores de Muquém e Região.

As informações são da redação CN.