WEB RADIO RMSOM | AUTO DJ 24 HRS

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Rio de Contas: Canoa Afunda Em Açude e Três Jovens Seguem Desaparecidos; Sobrevivente Conta Detalhes


Uma das sobreviventes do acidente que deixou três jovens desaparecidos após uma canoa afundar, sábado (17), na Barragem do Brumado, em Rio de Contas, cidade na região da Chapada Diamantina, estava acompanhada da irmã. A estudante Ana Clara Cruz, que conseguiu nadar até a margem da barragem, lembrou do momento em que tentou salvá-la.
“Quando eu fui salvar minha irmã, a outra menina me puxou pelas pernas e eu afundei. Na hora que eu fui levantar de novo, fui puxada pelo cabelo. Aí nessa hora que eu levantei, eu não consegui ver minha irmã mais”, disse Ana Clara.
A estudante contou que o grupo estava indo acampar do outro lado da barragem, e disse também que a embarcação estava com muito peso. “Tinha cerveja, refrigerante, gelo, carne em uma sacola, tinha colchão, uma barraca. A gente ia acampar do outro lado”, lembra.
Um outro sobrevivente também contou que tentou salvar os amigos e disse que chegou a ver um dos desaparecidos nadar em direção ao outro lado. “Todo mundo ficou desesperado. Eu consegui pegar o isopor, dei para duas pessoas, mas quando voltei para ajudar não tinha ninguém, um saiu nadando desgovernado”, contou.


As buscas pelos desaparecidos, dois homens e uma mulher, de 23, 29 e 25 anos, foram interrompidas no início da tarde de domingo (18) porque um dos bombeiros teve o tímpano estourado. O resgate está previsto para recomeçar na manhã desta segunda-feira (19).

Caso:
Três pessoas desapareceram após a embarcação em que elas estavam afundar na Barragem do Brumado, em Rio de Contas, cidade na região da Chapada Diamantina, na Bahia. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por volta das 17h30 do sábado.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, seis pessoas estavam na embarcação, uma canoa sem motor, no momento do acidente. Três delas conseguiram nadar até a margem da barragem e passam bem. 

Informações são do G1/BA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário