WEB RADIO RMSOM | AUTO DJ 24 HRS

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

'Celular Me Salvou', Diz Psicólogo Que Presenciou Pouso Forçado De Avião


Flávio Amorim parou para atender telefone e aeronave pousou à sua frente. 
Ocupantes não se feriram, segundo bombeiros.

O psicólogo Flávio Amorim, que passava de carro pela Rodovia Prefeito Joaquim Simão, em Santa Isabel, presenciou o pouso forçado de um avião bimotor na tarde desta terça-feira (16) nesta estrada que liga Santa Isabel a Igaratá. Ele garante que não se feriu graças a um radar e a uma ligação no celular. Amorim contou que seguia no mesmo sentido da pista em que o bimotor pousou. Um vídeo de uma câmera de monitoramento flagrou o momento do pouso forçado.
Segundo os bombeiros, três pessoas estavam no avião e ninguém se machucou.


"Eu estava seguindo sentido Igaratá quando vi um radar de fiscalização. Pisei de repente no freio. Nesse momento o meu celular tocou e caiu no assoalho do carro. Parei no acostamento para pegar o aparelho e o avião surgiu na minha frente", conta o psicólogo.
Ainda eufórico, por telefone, Amorim disse ao G1 que se não fosse o toque do celular, a aeronave tinha grandes chances de ter caído em cima do seu carro. "Ela [aeronave] surgiu de repente. Ela pousou e logo parou", explica.
Logo em seguida, ele diz que os ocupantes foram deixando o local. "O avião pousou no mesmo sentido que eu ia, sentido Igaratá. Alguns pedaços do avião foram parar na pista contrária e o próprio piloto os retirou de lá. Sorte que não vinha nenhum carro na pista contrária", conta.
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou na tarde desta terça-feira (16) que o certificado de aeronavegabilidade da aeronave é válido até janeiro de 2018.

Uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa 4) esteve no local para compor o processo de investigação. O objetivo é prevenir acidentes.
O dono do avião Embraer Navajo 820 C, o empresário João Olyntho, disse que a aeronave vinha do Rio de Janeiro e seguia para Campinas e que todas as manutenções necessárias e a documentação da aeronave estão em dia. "Está 100% certo. Eu uso o avião e não deixo para trás. Sou piloto de formação e assim como não quero que aconteça nada comigo, não quero que aconteça com ninguém."

Fonte: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário