quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Musa do Bahia Aparece Vestida Com Camisa Rubro-negra



A musa do Bahia para o Campeonato Baiano de 2015 tem sangue rubro-negro. Carla Havashy, de 28 anos, que foi escolhida durante uma cerimônia de eleição na Arena Fonte Nova, na noite de quarta-feira, torce para o Flamengo.  

Escolhida entre oito candidatas e parabenizada pelo presidente do Clube, Marcelo Sant'Ana, Havashy já havia postado há 121 semanas uma foto no seu Instagram vestida com a camisa do time carioca. Ao ser questionada por um seguidor que questionou sobre a vestimenta, a loira  respondeu: "Eu adoro".
Outro torcedor provocou dizendo que preferia vê-la com a camisa tricolor e a musa respondeu de bate pronto: "Deus me livre". 

O concurso de "Musa do Baianão" é organizado pela Federação Bahiana de Futebol e os próprios times são responsáveis pela seleção da musa que disputa do título de musa do estadual.

Fonte: Bocão News.

Nordestina: Idoso Comete Suicídio Na Zona Rural


Por volta das 17:30h desta segunda feira (2), na Cidade de Nordestina, policiais da 5ª Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar foram informados de que havia ocorrido um suicídio, em uma fazenda da zona rural.
Familiares encontraram o corpo de Manoel Felix de Almeida, de 79 anos, enforcado em uma corda amarrada em uma árvore próxima à sua residência, os motivos não foram revelados.
Os policiais foram até o local e isolaram a área até a chegada da Polícia Técnica.

6° Batalhão de Polícia Militar
Seção de Comunicação Social

Feira de Santana: Colisão Frontal Entre Uno e Carreta Deixa Dois Mortos Na BR-116


Um trágico acidente na altura do bairro Residencial Alphaville na BR-116 em Feira de Santana, envolvendo um Fiat Uno e uma carreta resultou na morte de dois jovens nesta quarta-feira (4).
De acordo com informações, por volta das 19h, o veículo Fiat Uno pilotado pelo músico Gabriel Sampaio Guerra, 25 anos, colidiu frontalmente com uma carreta; Gabriel teria perdido a direção do veículo ao passar por um desvio na pista feito pela Consecionária Via Bahia, que administra a BR 116. Gabriel e o carona Roberto Carlos Barbosa Martins Júnior, de 20 anos, morreram no local.
Gabriel, que era tecladista e dono da Banda Dona Flor, também trabalhava em um escritório de Construção Civil em Feira de Santana e cursava Economia pela UEFS. Todos os dias fazia o trajeto e costumeiramente dava carona aos amigos da cidade. Roberto era funcionário público municipal de Ipecaetá, trabalhava em um casa de peças para motocicletas e estudava no SENAI, em Feira de Santana.
Os corpos foram encaminhados para o DPT – Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana, onde passarão por necropisia. Os corpos dos jovens devem ser sepultados na tarde desta quinta-feira (5).
Com informações do Correio da Cidade/Foto Reprodução Facebook

Ibirapitanga: Baiano Usa Espingarda Para Derrubar Jaca e Morre com Tiro Acidental


Uma adolescente de 15 anos presenciou a morte do pai após ter sido baleado na boca de modo acidental pela espingarda que usava para mexer em uma jaca no pé de árvore. 
O caso ocorreu em uma fazenda no município de Ibirapitanga, na região sul da Bahia. As informações foram confirmadas pela delegacia da cidade, onde a ocorrência foi registrada, nesta quarta-feira (4).
De acordo com a polícia, moradores chegaram a fazer uma manifestação com o corpo da vítima no meio da rodovia da BR-330 acusando demora do Departamento de Polícia Técnica (DPT). 
O fato ocorreu por volta das 14h da tarde de segunda-feira (2) e o corpo só foi retirado do local por volta das 15h de terça-feira.
A vítima tinha 46 anos e era caçador, segundo informações da família em depoimento à polícia. 
No momento do acidente, o homem tinha virado o cabo da arma para cima e, enquanto mexia na fruta, ocorreu o tiro acidental da espingarda, que estava virada em direção à boca da vítima. 
O caçador morreu no local.
Ainda de acordo com a polícia, o corpo foi levado para o DPT de Ilhéus. 
As informações sobre o enterro ainda são desconhecidas. (Com informações do G1/BA).

Homem Pega 7 Anos de Prisão Por Beijo Forçado No Carnaval de Salvador


Um homem de 30 anos foi condenado a cumprir sete anos de prisão por ter beijado à força uma foliã do carnaval de Salvador. O fato aconteceu em fevereiro de 2008 e o suposto beijo foi classificado como estupro, crime considerado hediondo e previsto no artigo 213 do Código Penal.
O acusado já havia permanecido custodiado em regime fechado por um ano e um mês, antes de conseguir o direito de responder ao processo em liberdade.
Após a decisão judicial, a Defensoria Pública da Bahia entrou com um recurso de apelação para impedir que o denunciado seja condenado a cumprir a pena. Segundo o defensor público responsável pelo caso, José Brito Miranda de Souza, “a pena aplicada foi drasticamente alta” e há uma completa desproporcionalidade entre a pena e o castigo imposto pelo juízo, ferindo o princípio da razoabilidade. Isso porque a condenação aplicada equipara-se a crimes como o homicídio, por exemplo.
Ainda de acordo com José Brito, durante a fase de colheita de provas, nenhuma das partes envolvidas no caso foi ouvida pelo juiz responsável pela sentença, contrariando outro princípio jurídico, o da ampla defesa. O defensor questiona ainda a comprovação de que o beijo forçado tenha realmente acontecido, em virtude da inexistência de provas na fase de instrução processual.
Para o defensor público, a conduta do acusado não deve ser tratada como estupro, e sim, constrangimento ilegal ou importunação ofensiva ao pudor. Caso esse seja o entendimento do juiz, a condenação à pena seria reduzida e retorno à prisão seria impedido, uma vez que o acusado já cumpriu um ano e um mês de reclusão.
A apelação da Defensoria Pública deverá ser julgada agora pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia. (Correio 24 Horas) Foto Ilustrativa