WEB RADIO RMSOM | AUTO DJ 24 HRS

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Engenheiro de Som é Baleado No Rosto Durante Assalto No Saboeiro


Um engenheiro de som foi baleado durante um assalto no bairro do Saboeiro, em Salvador, no início da tarde deste domingo (4). José Fernando Álvares Gundlach, 62 anos, foi abordado por três homens armados em um ponto de ônibus localizado na Rua Silveira Martins, por volta das 13h. Segundo a polícia, após reagir ao assalto, Fernando Gundlach foi atingido por um disparo de arma de fogo no rosto feito pelos criminosos, que conseguiram fugir levando o celular da vítima. O engenheiro de som foi socorrido por um amigo para o Hospital Geral Roberto Santos. A versão de que ele teria reagido ao assalto e negado a entregar os pertences foi questionada por amigos. "Ele estava em um ponto de ônibus próximo à casa dele, mais para o lado do Imbuí, quando os assaltantes apareceram. Eles roubaram um casal que também estava no ponto e mesmo Gundlach tendo entregado tudo, os bandidos deram um tiro a queima-roupa no rosto. Segundo os médicos, o projétil atravessou a cabeça e o estado dele é gravíssimo. A família já foi informada que será bem difícil ele escapar dessa e que, se milagrosamente isso ocorrer, ele vai ter sequelas", afirmou a amiga Alessandra Pamponet, que disse que além do celular, os bandidos também levaram a carteira da vítima.
Ainda de acordo com ela, Fernando Gundlach saia de casa para ir a um estúdio gravar quando foi baleado. "O que mais nos deixa tristes é que ele era uma pessoa que viveu em função de qualificar pessoas, de acreditar que cada um tem um papel importante na mudança, na transformação do mundo", afirmou. Fernando Gundlach possui experiência de 39 anos como engenheiro de som. É formado em eletrônica pelo Senai em Porto Alegre, estudou nos Estados Unidos na Califórnia State University e no Fullerton College. Em Salvador, é dono de um curso de treinamento de áudio. Além disso, é conhecido por projetos de sonorização junto a diversos artistas da música baiana, a exemplo de Luiz Caldas, e por ministrar oficinas e workshops no interior da Bahia. Não há informações sobre o estado de saúde da vítima, que foi submetida a uma cirurgia. Segundo amiga, durante a intervenção, encerrada às 21h30, ele perdeu 50% de massa encefálica. Ele foi encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado de coma. Equipes da 23ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/ Tancredo Neves) foram acionadas, mas nenhum suspeito foi localizado. (Correio).

Nenhum comentário:

Postar um comentário