segunda-feira, 27 de outubro de 2014

MONTE SANTO: JOVEM TEM MOTO LEVADA NA PORTA DE CASA


Na noite desta quarta feira 15 de outubro de 2014 Por volta das 22:00 horas o cidadão uilson da silva chegava em sua residência com sua moto cg fan 125  de placa ozh 8585 euclides da cunha de cor vermelha modelo 2014  quando dois elementos surgiram de arma em punho de capacete renderam a vitima na porta de sua residência colocaram a vítima deitada no chao e levaram a moto
Na saida com receio que o pai da. Vitima que viu tudo junto a mae da vítima abriu o portao pra sair com o carro os elementos efetuaram disparos de arma de fogo. 
O Assalto ocorreu no bairro da rua nova nas proximidades da rua Fernandes de Almeida.

Fonte: montesanto.net / Imagem ilustrativa.

Cansanção: Homem Morre e Comparsa Fica Gravemente Ferido Após Troca de Tiros Com a Polícia


Ernane Cerqueira Bispo, 38 anos, natural de Santanópolis-BA, morreu, e seu colega Bruno de Jesus Santos, 34 anos, ficou gravemente ferido após troca de tiros com a Polícia Militar no final da manhã desta quarta-feira (22) no centro de Cansanção.
Os dois homens estavam em um veículo VW Gol, placa de Salvador, OKU-2454. Segundo informações, os suspeitos estavam sendo observados pela PM desde o início da manhã, no momento em que passavam pela Rua 2 de Julho, logo após o prédio do antigo fórum da cidade, foram abordados pela viatura, encurralados, atiraram contra os policiais que revidaram.
Após o tiroteio, os dois foram conduzidos até o Hospital Municipal Senhora Santana, Ernane chegou sem vida, Bruno recebeu os primeiros socorros e em seguida foi transferido.


Imagens/Fonte: Portal de Noticias.

ELEIÇÕES 2014: Dilma é Reeleita Na Disputa Mais Apertada da História; PT Ganha 4º Mandato


Após uma campanha de intensa polarização no segundo turno, a presidente Dilma Rousseff (PT) foi reeleita neste domingo (26) e impediu a virada do senador mineiro Aécio Neves, candidato do PSDB – nunca um candidato que ficou em segundo lugar no primeiro turno foi eleito presidente do Brasil.
Por volta da 20h30, com 98% das urnas apuradas, Dilma tinha 51,45% dos votos e Aécio, 48,55%. A diferença de votos era de 3 milhões. Essa foi a menor diferença de votos em um segundo turno desde a redemocratização.
Antes disso, a disputa mais apertada foi em 1989, quando Fernando Collor de Mello (então no PRN) venceu Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por 4 milhões de votos. Na época, Collor teve 53,03% contra 46,97% de Lula.
Nas outras eleições presidenciais decididas em duas etapas, a diferença entre o vencedor e o segundo colocado foi maior. Em 2002, Lula teve 19,4 milhões de votos a mais do que José Serra (PSDB). Quatro anos depois, Lula foi reeleito com uma margem ainda maior: 20,7 milhões de votos a mais do que Geraldo Alckmin (PSDB). Já na última eleição, a diferença voltou a se estreitar, e Dilma bateu Serra por 12 milhões de votos.
Com a vitória, o Partido dos Trabalhadores vai para o quarto mandato seguido e deverá completar 16 anos à frente do governo federal.
Primeira mulher a presidir o país, a petista liderou a votação no primeiro turno, mas passou a maior parte da campanha do segundo turno em situação de empate técnico com Aécio nas pesquisas de intenção de voto.
É a quarta derrota seguida que o PT impõe aos tucanos nas eleições presidenciais. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma venceram José Serra – duas vezes — e Geraldo Alckmin nas eleições de 2002, 2006 e 2010.
Com Dilma, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) também foi reeleito. Os dois tomarão posse do novo mandato em 1º de janeiro de 2015.

Bahia: Dezesseis Pessoas São Presas Por Crimes Eleitorais


A Corregedoria Regional Eleitoral da Bahia registrou 16 prisões em todo o estado, até as 14h, deste domingo (26). Das 16 prisões, sete foram por boca de urna. Uma aconteceu na 24ª Zona Eleitoral (ZE), em Ipiaú; três na 73ª ZE, em Ubaiataba; uma na 108ª ZE, em São Gonçalo dos Campos e duas na 167ª ZE, em Jacobina.
Outras sete prisões ocorreram por conta de transporte irregular de eleitores. O último caso não teve o motivo informado. O jornalista Nestor Mendes Júnior foi detido após agredir um homem no bairro do Itaigara, em Salvador, segundo informações do TRE.
De acordo com Corregedoria, o jornalista agrediu com um tapa um eleitor da coligação adversária a que ele apoia. Nestor Mendes Júnior foi levado para a 16ª Delegacia de Polícia (Pituba), onde foi registrado uma ocorrência, e logo depois liberado.
O jornalista negou a agressão e disse que presenciou um eleitor do tucano xingando uma delegada do PT usando palavras de baixo calão. “O cara xingava- a de p…, v… e que mantêm a corja do PT no poder. Mandei que ele respeitasse uma mulher e fiz um gesto com os braços abertos”, disse Mendes Jr ao Correio24horas.

História e Cultura: Há 85 Anos Lampião Assaltava Cansanção e Fazia Jorrar Sangue Em Queimadas


Antevéspera do Natal 1929. A data estigmatizou a vida de grande número de viventes de Cansanção e Queimadas. Não consta existir uma só alma viva para repassar a triste história. O último, seu João Gomes da Silva, o João Hipólito, neto do célebre Luiz da Silva Gomes Buraqueira, morreu em 2008.
Contou João Hipólito ao narrador deste texto que naquele nefasto dia deixara sua residência, em Cansanção, bem cedo. Levava na cabeça uma pilha de pindobas destinada a cobrir a barraca de uma tia que vivia da venda de café, quando avistou um ajuntamento de animais na porta do açougue. Julgou ser o velório de defunto desencarnado pela madrugada. Ao aproximar-se descobriu que Lampião acabara de invadir a vila à frente de vários cabras. Ali talvez antegozassem o produto da pilhagem.
Os cangaceiros convidam João Hipólito a tomar umas pingas. Recusar era uma afronta certamente respondida com no mínimo um par de chicotadas. Ou uma dúzia de bolos de palmatória. Aceitou entornar algumas doses apesar de estar em jejum e não ser dos melhores amigo da cachaça.
Em seguida João Hipólito foi convocado a acompanhar a quadrilha na viagem de caminhão com destino a Queimadas. Deu a entender que aceitaria, mas antes…
Antes precisava urgente ir ao mato, “sujar”. Dada permissão, simulou afrouxar o cinto, desabotoar a braguilha, acocorar-se atrás de uma moita de xique-xique.
E tomou sumiço, sem vacilar, numa carreira doida, chutando espinhos, tropeçando nos tocos, se estropiando nos galhos Se cai na malha dos facínoras, adeus mamãe, adeus papai…

ASSALTO E EXTRAVAGÂNCIAS
Os cangaceiros tomaram Cansanção de assalto por volta das sete da manhã de 22 de dezembro de 1929. Permaneceram intermináveis horas na vila, invadiram as poucas residências e estabelecimentos comerciais dos quais retiravam perfumes, bugigangas e peças de tecidos das prateleiras e distribuíam com quem se achava nas imediações. Arrecadaram todo o dinheiro que puderam. Agrediram e fizeram moradores passar por constrangimento e humilhação. Antônio Primo, único barbeiro da praça, foi compelido a fazer a barba de Lampião e de outros cangaceiros. E ele que negasse!
O estoque de perfume evaporou. Os bandidos abriam os frascos e derramavam o líquido nas roupas sujas e fedorentas assim como no rabo dos cavalos. Conhaque, cachaça, cerveja e vinho estocados foram engolidos, garrafas esvaziadas.
Uma das testemunhas das depredações foi Lúcio José da Silva, o Lúcio da Parelha, assim chamado por ser proprietário da fazenda de igual nome. O fazendeiro narrou que a caterva procedia do Acaru, Monte Santo. Lúcio não só foi constrangido a fornecer cavalos, mas igualmente a servir de guia.
Entre os cidadãos forçados a fornecer dinheiro aos delinquentes, relacionam-se: Domingos Manoel de Jesus, José Ambrósio Modesto, Miguel Salvador, Pedro Salvador (Dodô) e seu irmão Antônio Soares, Terto Fagundes, Martinzinho (ex-jagunço do Conselheiro), Romão Belau, Chico Borges do Jatobá, Pedro Monteiro e o próprio Lúcio José da Silva.
Não houve, contudo, incêndio, defloramento, violência e conseqüente derramamento de sangue, como dali a horas haveria de acontecer em cidade vizinha.

A CARNIFICINA DE QUEIMADAS
De Cansanção a súcia embarcou para Queimadas (a 40 quilômetros), na carroceria de caminhão do IFOCS, mais tarde DNOCS.
Em meio à tranqüilidade de um domingo, por volta das três da tarde, irrompe um grupo fortemente armado, à primeira vista confundido com tropa de soldados volantes.
O grupo foi avistado por Deusdedith Barbosa de Souza, da casa comercial do pai, Hermelindo Barbosa de Souza e reputado como uma força policial.
No quartel, Lampião agarrou de surpresa o comandante Evaristo Carlos da Costa e deu voz de prisão aos sete soldados.
Antes de atravessar o rio Itapicuru, Lampião tomara por prisioneiros os irmãos Marques, Carlos Hilário e Irênio. Estes foram intimados a providenciar canoas para a travessia do rio.
Após desembarcar na margem direita, o atrevido e falso capitão Virgulino, prende o oficial de justiça Alvarino. Este e os irmãos Marques ficaram sob as ordens do comandante do grupo enquanto durou a investida.
A caminho do quartel, Lampião trocou palavras amáveis com João Lantyer. Este aguardava que José de Patápio lhe consertasse o Ford-bigode modelo 1929.
Uma ala do grupo partiu para o quartel, outra para a estação ferroviária. Receberam voz de prisão o telegrafista Joaquim Cavalcante e o agente Manoel Evangelista. Fechada a estação, os funcionários foram levados como prisioneiros.
Considerados prisioneiros foram também o Dr. Manoel Hilário do Nascimento, juiz preparador e o tabelião José Francisco do Nascimento.
Cidade sob seu domínio, Lampião condenou os sete soldados à morte, fuzilados covardemente a vista do sargento-comandante, ao entardecer.
Foram executados barbaramente os seguintes praças da polícia: Olímpio B. de Oliveira, Aristides Gabriel de Souza, José Antônio Nascimento, Inácio Oliveira, Antônio José da Silva, Pedro Antônio da Silva e o anspeçada Justino Nonato da Silva.
O sargento Evaristo Carlos da Costa não foi sacrificado a pedido de uma senhora da sociedade queimadense, Dona Santinha. Dona Santinha, de nome Austrialina, em troca de um trancelim, soube tirar proveito da oportunidade ao ouvir do chefe do bando que ela tinha o direito de fazer um pedido. Lampião, constrangido,cumpriu a palavra: não permitiu que o sargento comandante fosse fuzilado. Evaristo morreu em Santa Luz aos oitenta e oito anos de idade.
Tomaram parte nos assaltos a Cansanção e Queimadas os seguintes malfeitores: Lampião, Volta-Seca, Luiz Pedro, Antônio de Engrácia, Mariano, Mourão, Azulão, Ângelo Roque (Labareda), Gato, Gavião, Ezequiel (Ponto-Fino, irmão de Lampião), Zé Baiano, Antônio de Naro, Virgínio (Moderno, cunhado de Lampião), Arvoredo, Fortaleza, Revoltoso e Zabelê.
Entre os dezoito haviam: 7 baianos, 6 pernambucanos e 2 sergipanos.
Mais pormenores do massacre de Queimadas e do sangue de Cansanção, no livro Lampião na Bahia, em sétima edição. Interessados podem pedir ao autor pelo telefone: (71) 3359-9660.

Por: Oleone Coelho Fontes /  Informações extraídas do site Portal de Notícias.

Andorinha: Homem é Preso Após Atingir Jovem Com Golpe de Faca


Policiais da 3ª Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar realizaram prisão por lesão corporal, neste sábado (25), às 16 horas, no povoado de Isaura, zona rural do Município de Andorinha.
Romilson Costa Gomes, 29 anos, agrediu uma jovem de 19 com uma faca, provocando um corte em sua coxa esquerda, em seguida, evadiu-se.
Após diligências, os policiais conseguiramlocalizar o acusado, na Vila Peixe, de posse de uma faca e o conduziram à delegacia de Polícia Civil de Senhor do Bonfim, onde foi autuado em flagrante.

ASCOM 6° BPM


Monte Santo: Resultado das Eleições


Dilma aumenta porcentagem de votos para o candidato Aécio.

As eleições do segundo turno em Monte Santo decorreram com tranquilidade e não foram registrados casos graves que pudessem atrapalhar o livre processo democrático. 
Dos 42.063 eleitores do município tiveram 68,42% votantes e 31,58% ausentes, mesmo o eleitor tendo apenas que definir o seu voto para presidente já que os candidatos a senado e governo da Bahia foram definidos no primeiro turno o eleitor de Monte Santo voltou a comparecer as urnas e o número de abstenções foram quase os mesmos do primeiro turno, com 100% dos votos apurados a presidente reeleita Dilma teve 24.128 mil 88,04% dos votos contra apenas 3.279 votos 11,96% de Aécio Neves, portanto no segundo turno Dilma aumentou ainda mais diferença entre o candidato na cidade e mais uma vez entrou na lista dos municípios que tiveram uma  das maiores votações para presidenta no estado da Bahia.

Veja abaixo o resultado Final.

As informações são do site monteSanto.net e do TSE.