WEB RADIO RMSOM | AUTO DJ 24 HRS

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Avó e Neto De 10 Anos Morrem Após Carros Pegarem Fogo Depois De Colisão No Interior Da Bahia


Uma mulher e o neto dela de 10 anos morreram após uma colisão frontal entre dois carros de passeio, entre os municípios de Itamaraju e Prado, no sul da Bahia. O acidente ocorreu, no final da tarde do domingo (14), na BR-489, e deixou outras três pessoas feridas . Os veículos pegaram fogo após a batida.
Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os veículos passavam pelo Km-42 da rodovia quando ocorreu o acidente, por volta das 17h20.
As duas pessoas que morreram estavam no mesmo carro. As vítimas foram identificadas como Maria da Conceição Isidoro da Silva, de idade não divulgada, e Riquelme da Silva, de 10 anos. Os corpos da avó e do neto foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Itamaraju. Não há informações sobre data e local de velório e sepultamento.
As três pessoas que ficaram feridas, de 22, 36 e 41 anos, estavam no outro veículo. Elas foram socorridas e encaminhadas para uma unidade de saúde de Prado. Não há informações atualizadas sobre o quadro clínico dos sobreviventes.

Fonte: G1/BA.

domingo, 7 de outubro de 2018

Datafolha e Ibope Apontam Bolsonaro e Haddad No 2º Turno; Veja Números


As pesquisas Datafolha e Ibope divulgadas neste sábado (6), véspera das eleições presidenciais, apontam que Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) devem avançar para o segundo turno da disputa. Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB).
Segundo o Datafolha, Bolsonaro lidera com 40% da intenção de votos válidos, seguido por Haddad com 25%.
De acordo com o Ibope, Bolsonaro tem 41%, contra 25% para Haddad. A margem de erro das duas pesquisas é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.
São considerados votos válidos aqueles que excluem brancos e nulos, ou seja, os que necessariamente são declarados a favor de uma candidatura. Para ser eleito em primeiro turno, o candidato precisa obter no mínimo 50% mais um voto do total de votos válidos.
Segundo o diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, o segundo turno nestas eleições presidenciais é “quase certo”.
“A gente deixa uma margem, uma probabilidade de não acontecer por que essa campanha foi marcada pela imprevisibilidade e por mudanças no cenário”, disse Paulino durante transmissão ao vivo no site do jornal “Folha de S. Paulo”.
Mas o resultado aponta para quase certeza de segundo turno entre Bolsonaro e Haddad com alguma chance de Ciro ter alguma reação no dia da eleição, mas muito dificilmente o suficiente para alcançar Haddad

Datafolha:
Veja a intenção de votos válidos para todos os candidatos a presidente segundo o Datafolha:

Jair Bolsonaro (PSL): 40%
Fernando Haddad (PT): 25%
Ciro Gomes (PDT): 15%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (Rede): 3%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Eymael (DC): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%

O Datafolha fez a pesquisa entre os dias 5 e 6 de outubro com 17.056 entrevistados. A pesquisa foi contratada pela “Folha de S. Paulo” e a TV Globo, e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01534/2018.
O intervalo de confiança estimado para a pesquisa é de 95%. Segundo o Datafolha, isto significa que, considerando a margem de erro, a chance de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Ibope:
Veja a intenção de votos válidos para todos os candidatos a presidente segundo o Ibope:

Jair Bolsonaro (PSL): 41%
Fernando Haddad (PT): 25%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (Rede): 3%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Eymael (DC): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%

O Ibope fez a pesquisa entre os dias 5 e 6 de outubro com 3.010 entrevistados. A pesquisa foi contratada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e a TV Globo, e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01537/2018.
O intervalo de confiança estimado para a pesquisa é de 95%. Segundo o Ibope, isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados serem um retrato do atual “momento eleitoral”.

Rejeição:
Tanto o Ibope como o Datafolha apontam Bolsonaro e Haddad como os mais rejeitados pelos eleitores apesar de liderarem as pesquisas.
No Datafolha, Bolsonaro tem 44% de rejeição, e Haddad, 41%. No Ibope, 43% rejeitam Bolsonaro e 36%, Haddad.
A soma dos percentuais de rejeição ultrapassa 100%, já que os entrevistados podiam escolher mais de um candidato.

Resultados De Urnas No Exterior Em 16 Países Já São Conhecidos; Saiba Detalhes


As imagens de boletins de urna de seções eleitorais de diversos países que circulam em redes sociais são verdadeiras, mas não representam o número final de votos dos candidatos a presidente. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que 16 países já encerraram votação para as eleições presidenciais até 7h deste domingo (7).
Assim que a votação é concluída em uma seção eleitoral, o chefe daquela seção imprime o boletim e o fixa na porta. O resultado final, no entanto, só será divulgado com os números do Brasil, na noite deste domingo.
Ao todo, há 500.727 eleitores brasileiros aptos a votar em 171 localidades eleitorais de 99 países.
Nova Zelândia, Austrália, Japão, Coreia do Sul, China, Taiwan, Cingapura, Filipinas, Malásia, Hong Kong, Timor Leste, Indonésia, Vietnã, Tailândia, Índia e Nepal concluíram votação até a manhã deste domingo, 7. Omã e Emirados Árabes Unidos devem encerrar a votação por volta das 10h15, segundo o TSE.
Em 2014, 354.184 eleitores brasileiros estavam cadastrados no exterior. De acordo com o TSE, o crescimento de 41,37% se deve a uma parceria entre o tribunal e o Ministério das Relações Exteriores que possibilitou a adoção de medidas que facilitaram o cadastramento eleitoral de brasileiros residentes no exterior.

Fonte: Estadão.

sábado, 6 de outubro de 2018

Coiso, Chuchu, Coroné, Poste e Tartaruga; Conheça 17 Apelidos Estranhos Dos Presidenciáveis


Coiso, Mito, capitão, Bozo ou Bonoro. Ao ver uma dessas expressões nas redes sociais certamente o assunto é o candidato do PSL, Jair Bolsonaro. Líder nas pesquisas de intenções de voto, o deputado federal é quem tem mais apelidos —de exaltação ou crítica— em postagens na internet.
Pesquisas da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV-DAPP) detectaram o uso de até 30 expressões para citar Bolsonaro, candidato à Presidência da República mais popular da rede.
Pesquisador de estudos da linguagem da FGV, Lucas Calil diz que apelidos a candidatos são usados por dois motivos. Para evitar linchamentos virtuais de seguidores mais engajados e tentar impedir que o nome de um político rival entre nos trending topics, os assuntos mais comentados do momento no Twitter.

​Apelidos nas redes sociais para candidatos à Presidência

Jair Bolsonaro
Mito
Coiso
Capitão
Bozo
Bonoro
Bozonaro

Marina Silva
Miss Plebiscito
Tartaruga

Fernando Haddad
Poste do Lula
Fernando Andrade
Prefeitão

Ciro Gomes
Coroné
Sugar Painho

Geraldo Alckmin
Merendeiro
Santo
Chuchu

Guilherme Boulos 
Invasor

Menina Deixa Bilhete Emocionante Para Avó Contando Abuso De Padrasto


Uma criança de nove anos escreveu um bilhete para avó pedindo para morar com ela, pois o padrasto a abusava sexualmente . Após ler o que a neta tinha escrito, ela denunciou o caso ao Conselho Tutelar de Manaus (AM), cidade onde moram. No recado, a vítima escreveu ‘a mesma coisa que ela faz com a mamãe, também faz comigo’. As informações são do G1 Amazonas.
“Foi a avó que, depois que recebeu o bilhete da neta, veio aqui procurar ajuda porque não sabia o que fazer. Ela mostrou o bilhete pra gente, trouxe a criança e a menina relatou que ele [padrasto] já fazia isso desde quando ela tinha seis anos”, disse a conselheira do Conselho Tutelar, Iolene Oliveira.
Ainda segundo a conselheira, o suspeito é casado com a mãe da criança desde quando ela tinha três anos. “Ela até chama ele de pai. Quando ela tinha seis anos ele começou com os abusos mas ela nunca teve coragem de falar, o último estupro aconteceu quando eles estavam em Goiânia”, contou.
Em entrevista ao G1, Iolene relatou ainda que, durante o período em que eles moravam em um sítio em Goiânia, a criança foi ajudar o padrasto a guardar o gado e, nesta ocasião, o homem a teria violentado. A criança chegou a contar o estupro para a mãe, mas ela não deu atenção ao assunto.
“Ela ficou sangrando, falou para a mãe e a mãe não disse nada. Levou a criança ao médico alegando que achava que era infecção urinária e não falou as outras coisas”, relatou a conselheira.
Ao voltarem para Manaus, a família começou a morar no fundos da casa da avó, mãe do pai biológico da criança e, neste período, não houve nenhum outro caso de estupro. Ao saber que iriam que a mãe e o padrasto estavam pensando em se mudar, a menina escreveu o bilhete.
“A avó chamou a mãe e perguntou, mãe disse que ia entregar [a filha] pra avó porque ela já estava contando mentiras, e agora ela está morando com a avó há cerca de uma semana”, contou a conselheira.
A criança passou por exames e será atendida por uma psicóloga. Nos próximos dias, a família deve ir à polícia para prestar depoimento e, após o resultado do laudo, as autoridades irão tomar as medidas cabíveis.

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Preso Por Violentar a Própria Filha, Homem é Solto 3 Meses Depois e Mata Menina a Facadas


Um homem de 28 anos, preso por estuprar a filha de 13 anos, saiu da cadeia e matou a facadas a menina que havia violentado. O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (03), na cidade de São de Roque (SP). A polícia foi acionada pelo irmão da vítima, de 6 anos, que fugiu de casa para pedir socorro. As informações são do G1 Sorocaba e Jundiaí.
Em entrevista ao G1, a polícia quer informou que uma viatura foi atender um caso de ocorrência doméstica na localidade e foi surpreendida por um menino de seis anos que relatou para eles que o pai tinha matado a irmã. Os policiais foram até o local indicado pela criança e encontraram Letícia Tanzi Lucas, de 13 anos, ferida e desacordada. Ela chegou a ser levada para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.
Em depoimento, a ex-mulher de Horácio Nazareno Lucas contou que ele havia saído da prisão um dia antes do homicídio e tinha a procurado para que ela retirasse a queixa de estupro contra ele. Após vê-la com o celular na tentativa de chamar a polícia, ele ficou nervoso e tentou esganá-la.
A mulher conseguiu fugir para a casa dos vizinhos para pedir socorro e, neste momento, o criminoso ficou sozinho com a vítima e o a criança de seis anos. O homem trancou o filho no quarto e matou a menina a facadas na sala. Ao ouvir os barulhos, a criança fugiu e pediu ajuda.
De acordo com a tia de Letícia, o pai a estuprava desde 2017. Horário foi preso em junho deste ano.
A mãe foi medicada e irá passar por exames no Instituto Médico Legal (IML) devido as agressões sofridas. O criminoso está foragido.